Colégio Regina Coeli: sujeitos do ensinar e do aprender de uma escola confessional católica

Marina Matiello, Terciane Ângela Luchese

Resumo


O presente artigo apresenta aspectos da cultura escolar que dizem respeito aos sujeitos do ensinar e do aprender do Colégio Regina Coeli, situado em Veranópolis/RS. Baseado nos pressupostos teóricos da História Cultural utilizou-se, como metodologia, a análise de documentos, principalmente de relatórios e fotografias, produzidos e arquivados pela instituição objeto de estudo, além de entrevistas com os sujeitos escolares. O recorte temporal contempla o período de 1948 a 1969, em que a escola mantinha o estatuto de confessional católica. A partir da análise de dados foi possível depreender que as Irmãs de São José eram reconhecidas como “exímias educadoras” e tornaram-se referencia em educação no município e na região. A relação entre educadores e educandos era marcada pela disciplina, no entanto, sempre permeada pelo afeto, especialmente na educação de crianças.

Palavras-chave


História da educação. Escola confessional-católica. Educadores. Educandos.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




MOMENTO - Diálogos em Educação, E-ISSN 2316-3100, Rio Grande/RS, Brasil

PROPESQ
PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ