UNIVERSIDADESCOLA E AS DISPUTAS NO CONTEXTO DA PANDEMIA

movimentos desviantes e currículos de copresença

Autores

Resumo

O presente texto se insurge a partir do olhar teórico decolonial na perspectiva de problematizar os enunciados reformistas de controle e responsabilização, estimulados por setores empresariais e governamentais conservadores que, atualmente, têm investido na legitimação de políticas de ensino e pesquisa de simplificação e unilateralidade dos currículos e práticas docentes nas escolas e nas universidades brasileiras. Escrito sob a égide do imprevisível e do emergencial que a pandemia de Covid-19 tem provocado, buscamos, em contrapartida, a partir de uma análise de discursos concernentes a um contexto de ensino e pesquisa universitários, fazer uso desses mesmos sentidos de incerteza e urgência pandêmicas para trazer uma defesa dos sentidos plurais das universidadescolas. Para tanto, localizamos movimentos pós-abissais, na perspectiva de produzir giros e deslocamentos epistêmicos no que diz respeito ao pensar ensino e pesquisa por meio de um currículo e de uma docência desviantes, em que os conhecimentos e vivências ausentes ou distanciados por modos de pensamentos coloniais se instituam nesse cenário pandêmico (e no porvir pós-pandêmico), em movimentos de resistência e criação por uma copresença no campo epistemológico e em defesa dos currículos como territórios plurais de aprenderensinar das universidadescolas como aparelhos públicos e do público.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciano Carlos Mendes Freitas Filho, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Atua na área de Educação e de Ensino de Língua Inglesa, com ênfase em Educação em Direitos Humanos, currículo, políticas educacionais e formação de professores. Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ. Professor do Instituto Federal da Bahia/IFBA. E-mail contato: luciano_freitas@hotmail.com. 

Maria Luiza Sussekind, UNIRIO

Licenciada em História/PUC-RJ, Magister Scientiae CPDA/UFRRJ, Doutorado em Educação no PROPED/UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). Pós-Doutorado em Currículo pela Universidade British Columbia/Canadá. Professora e Vice coordenadora do PPGEdu/UNIRIO Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Primeira Secretária da Associação Nacional de Pesquisa em Educação-ANPEd.    

Downloads

Publicado

2021-09-29

Como Citar

Freitas Filho, L. C. M., & Sussekind, M. L. . (2021). UNIVERSIDADESCOLA E AS DISPUTAS NO CONTEXTO DA PANDEMIA: movimentos desviantes e currículos de copresença. Momento - Diálogos Em Educação, 30(02), 50–74. Recuperado de https://periodicos.furg.br/momento/article/view/13207