infraestrutura escolar: pode interferir nas aulas de Educação Física?

Autores

  • Peterson Furtado Figueira Universidade Federal do Rio Grande, FURG. Rio Grande/RS
  • Antônio Luiz Silveira Pereira Universidade Federal do Rio Grande, FURG. Rio Grande/RS
  • Rodrigo Lemos Soares Universidade Federal do Rio Grande, FURG. Rio Grande/RS

Palavras-chave:

Educação Física, Infraestrutura, Docência

Resumo

A pesquisa a seguir busca analisar se a infraestrutura escolar afeta o professor de Educação Física. O objetivo principal do estudo foi perceber o quanto este elemento pode influenciar na docência. De cunho qualitativo, desenvolvemos um questionário fechado, onde posteriormente analisamos a relação entre objeto e sujeito. Como resultado principal, a maioria dos professores considerou que a infraestrutura interfere na sua prática docente. Para isso entrevistamos dez professores de Educação Física da rede pública da cidade de Rio Grande - RS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Peterson Furtado Figueira, Universidade Federal do Rio Grande, FURG. Rio Grande/RS

Acadêmico do curso de Educação Física Licenciatura na Universidade Federal do Rio Grande

Antônio Luiz Silveira Pereira, Universidade Federal do Rio Grande, FURG. Rio Grande/RS

Acadêmico do curso de Educação Física Licenciatura na Universidade Federal do Rio Grande

Rodrigo Lemos Soares, Universidade Federal do Rio Grande, FURG. Rio Grande/RS

Professor Substituto do Instituto de Educação da Universidade Federal do Rio Grande

Downloads

Publicado

2016-07-19

Como Citar

Figueira, P. F., Pereira, A. L. S., & Soares, R. L. (2016). infraestrutura escolar: pode interferir nas aulas de Educação Física?. Revista Didática Sistêmica, 17(1), 201–212. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/5916

Edição

Seção

Artigo - GTT Escola