Desigualdades sociais e os desafios à estratégia de eliminação da tuberculose no Brasil

Regina Célia Fiorati, Fernanda Carla de Assis Cândido, Larissa Barros de Souza, Marcela Paschoal Popolin, Antônio Carlos Vieira Ramos, Ricardo Alexandre Arcêncio

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo identificar o impacto das desigualdades sociais na cadeia de progressão da tuberculose no Brasil visando à identificação dos nós críticos à eliminação da doença. Foi realizada uma revisão de literatura dos artigos disponíveis nas bases de dados Cummulative Index to Nursing and Allied Health Literature, Literatura Internacional em Ciências da Saúde e Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, nos idiomas português, inglês e espanhol. Como critério de inclusão, selecionaram-se artigos publicados na íntegra cujo cenário de investigação fosse o Brasil, no período de 2005 a 2015. Utilizaram-se os descritores do Medical Subject Headings, de acordo com as combinações: Access or accessibility and Tuberculosis; social determinants of health and tuberculosis; social vulnerability and tuberculosis; social inequity or social inequality and tuberculosis. A análise dos estudos selecionados pautou-se no referencial de Melnyk, Fineout-Overholt por meio da análise da qualidade do nível de evidência científica dos artigos selecionados com base na Classificação dos Níveis de Evidências Científicas. Foram analisados 45 artigos, os quais mostraram os principais determinantes sociais da saúde que representam barreiras à meta End TB, sendo eles: as condições econômicas, seguidas pela acessibilidade a serviços, violação de direitos e estilos de vida, fatores que impactam na cadeia de progressão da tuberculose. Conclui-se que desigualdades sociais são barreiras consideráveis à eliminação da doença, portanto intervenções de amplo espectro devem ser consideradas. Os desafios à sociedade brasileira ainda são substanciais e devem envolver para além do setor da saúde, os setores ligados à gestão pública nas várias esferas governamentais.

Palavras-chave


Tuberculose; Determinantes Sociais; Vulnerabilidade Social; Desigualdade Social; Iniquidade Social.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/vittalle.v30i2.7502

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ