Sínodo de Missouri e organização escolar na realidade pomerana- campo e habitus em Pierre Bourdieu

Patrícia Weiduschadt

Resumo


O presente artigo pretende analisar a constituição do Sínodo de Missouri e a organização escolar no contexto pomerano a luz das teorias de Pierre Bourdieu: o conceito de campo e de habitus. O primeiro entendido como um campo de forças e de disputas. Entendemos que o Sínodo privilegiou o fortalecimento do campo religioso com um projeto pedagógico para formar professores e pastores qualificados e fortalecer as escolas paroquiais. Em relação ao habitus, favoreceu a formação de condutas e modos que pudessem inculcar disposições interiorizadas nos seus fiéis da doutrina luterana como uma forma de diferenciação e legitimidade destas práticas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 Revista Brasileira de História & Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional 

Desde 07 de março de 2009

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia