Bibliotecas digitais e e-books: um breve panorama mundial sobre os acervos gratuitos

Juliani Menezes dos Reis, Luciana Backes

Resumo


Esse artigo apresenta a investigação sobre o panorama mundial das bibliotecas digitais, através do levantamento de notícias e pesquisas relacionadas à existência de e-books e de bibliotecas digitais em diversos países e em todos os continentes. Essa investigação ocorreu considerando a seguinte questão: Como as bibliotecas digitais são constituídas no contexto altamente tecnologizado? Para tanto, realizamos o levantamento em diferentes plataformas por meio de palavras-chave. Os projetos de bibliotecas digitais apresentados contemplam diversos materiais em formato digital, além dos livros digitais. A inserção de livros digitais, em larga ou baixa escala, está ocorrendo em diversos países do mundo. Apresenta as bibliotecas digitais disponíveis gratuitamente pelo mundo como recursos a serem utilizados pelos bibliotecários fornecendo assim alternativas a leitura digital pelos usuários.


Palavras-chave


Biblioteca Digital; Livro Digital; Tecnologia.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Wagner Junqueira et al. Elementos tecnológicos de edição, manipulação e uso dos livros digitais. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 23, n. 1, p. 13-25, jan./abr. 2013.

BENÍCIO, Christiane Dantas. Do impresso ao e-book: o paradigma do suporte na biblioteca eletrônica. 2003. 142 f. Monografia (Graduação em Biblioteconomia) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2003.

BIBLIOTECA DIGITAL ANDINA. Site. [S.l.: s.n., 20--?]. Disponível em: . Acesso em: 19 dez. 2018.

BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL. Sobre a Biblioteca Digital Mundial: experiência. New York: Library of Congress; UNESCO, [20--?]. Disponível em: . Acesso em: 08 dez. 2018.

BIBLIOTECA DIGITAL PÚBLICA DA AMÉRICA. Site. Boston, DPLA, [2015]. Disponível em: . Acesso em: 05 dez. 2018.

BIBLIOTECH.BEXAR COUNTY DIGITAL LIBRARY. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2018.

CASTELLS, Manuel. A Sociedade em rede. 11. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2008. (A Era da Informação: Economia, Sociedade e Cultura; v. 1.)

DEUTSCHE DIGITALE BIBLIOTHEK. Site. Alemanha: DDB, 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2018.

EUROPEANA: THINK CULTURE. Site. Haia, Holanda: Europeana, 2015. Disponível em: . Acesso em: 21 dez. 2018.

FURTADO, Cassia. Educação e bibliotecas digitais. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 8, n. 1, p.103-116, jul./dez. 2010.

GRIGSON, A. An introduction to e-book business models and suppliers.In: PRICE, K.; HAVERGAL, V. E-books in libraries. London: Facet, 2011. p. 19-36.

GUERREIRO, Evandro Prestes. Cidade digital: infoinclusão social e tecnologia em rede. São Paulo: Senac, 2006.

JUNQUEIRA, Gabriel. Foi aberta nos Estados Unidos a primeira biblioteca pública que não tem livros físicos. Gizmodo Brasil, 13 jan. 2014. Não paginado. Disponível em: . Acesso em: 02 dez. 2018.

KANG, Cecília. Tablets e e-readers mudam hábitos de leitura nos EUA. Estadão, 29 dez. 2012. Disponível em: . Acesso em: 01 dez. 2018.

LEVACOV, Marília. Bibliotecas virtuais. In: MARTINS, Francisco Menezes; SILVA, Juremir Machado da. Para navegar no século XXI. Porto Alegre:

EDIPUCRS; Sulinas, 2003. p. 247-272.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. 3. ed. São Paulo: Ed. 34, 2010.

MARQUES, Eliana de Azevedo. A nova biblioteca: o papel e o digital. Revista Usp, São Paulo, n. 80, p.18-27, dez./fev. 2009. Disponível em: . Acesso em: 02 dez. 2018.

MILANESI, Luís. Biblioteca. 3. ed. Cotia, SP: Ateliê, 2013.

NEW YORK PUBLIC LIBRARY. Disponível em: . Acesso em: 19 dez. 2018.

PINHEIRO, Carlos. Dicionário do e-book. 1. ed. [s.n.]: Ler Ebooks, 2011.

POLATO, Amanda. Livros digitais ajudam a revigorar bibliotecas públicas. Época, 18 mar. 2013. Disponível em: . Acesso em: dez. 2018.

PORTAL DOMÍNIO PÚBLICO. Site. Disponível em: . Acesso em 08 dez. 2018

PROCÓPIO, Edinei. O livro na era digital: o mercado editorial e as mídias

digitais. São Paulo: Giz Editorial, 2010.

REIS, Juliani Menezes dos. E-books, bibliotecas e editoras: um diálogo necessário. 2013. 139 f. Monografia (Graduação em Biblioteconomia)– Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2018.

(AVALIAÇÃO ÀS CEGAS)

ROCHA, Ednéia Silva Santos; RODRIGUES, Rafael Mielli; RODRIGUES, Vanessa. Marketing digital em bibliotecas digitais: um estudo sobre a aplicabilidade de ferramentas 2.0. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 25., Florianópolis, 2013. Anais... Florianópolis: FEBAB, 2013. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2018.

SALAMA, Vivian. Diante da ameaça do EI, Iraque digitaliza acervo da biblioteca nacional. Folha Uol: Mundo, ago. 2015. Disponível em: . Acesso em: 22 dez. 2018.

SERRA, Liliana Giusti. Empréstimo digital: como atender editores, bibliotecas e usuários: estudo sobre novos modelos de negócios. In:

SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 17., 2012, Gramado. Anais... Gramado: SNBU, 2012. Disponível em: . Acesso em: 07 dez. 2018.

SOARES, M. B.. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n.81, p. 143-160, 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2018.

WÜNSCH, Silke. Biblioteca digital disponibiliza patrimônio cultural da Alemanha. Deutsche Welle, 08 dez. 2012. Disponível em: < https://goo.gl/Os0QHu >. Acesso em: 02 dez. 2018.




DOI: https://doi.org/10.14295/biblos.v33i2.8649

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PROPESQ PROPESQ  PROPESQ  PROPESQ PROPESQ  PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ