Recuperação de carotenoides microbianos assistido por ondas ultrassônicas

Autores

  • Michelle Barboza Nogueira Universidade Federal do Rio Grande
  • Caroline Furtado Prestes Universidade Federal do Rio Grande
  • Janaina Fernandes de Medeiros Burkert Universidade Federal do Rio Grande

Palavras-chave:

ASTAXANTINA, CULTIVOS MICROBIANOS, PIGMENTOS, RUPTURA MECÂNICA.

Resumo

Phaffia rhodozyma é uma levedura carotenogênica capaz de produzir intracelularmente pigmentos naturais a partir de cultivos microbianos. Neste estudo foi avaliada a cinética de produção de carotenoides em cultivos submersos, bem como sua recuperação através de ruptura celular assistidas por ondas ultrassônicas, promovendo alterações nas relações biomassa:solvente utilizadas. A maior concentração de biomassa e produção dos compostos de interesse foi observada em torno de 168 h de cultivo, cujo extrato carotenogênico apresenta a astaxantina como carotenoide majoritário. Um incremento de 2,35 vezes na recuperação dos carotenoides foi obtido na relação biomassa:solvente 0,0167 g mL-1, como a mais adequada para determinações analíticas e 0,042 g mL-1 para ser usada visando menor gasto energético no processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-09

Como Citar

Nogueira, M. B., Prestes, C. F., & Burkert, J. F. de M. (2020). Recuperação de carotenoides microbianos assistido por ondas ultrassônicas. VETOR - Revista De Ciências Exatas E Engenharias, 27(2), 38–51. Recuperado de https://periodicos.furg.br/vetor/article/view/7068

Edição

Seção

Artigos