Cultivo de Eyerozyma Guilliermondii em batelada e batelada alimentada para produção de lipídios a partir de glicerol bruto

Bruno Loureiro Ladeira, Janaína Fernandes de Medeiros Burkert, Carlos André Veiga Burkert

Resumo


Esse trabalho vem contribuir na busca por alternativas tecnológicas visando agregar valor ao glicerol bruto, coproduto oriundo da síntese do biodiesel, por meio do seu uso como fonte de carbono pela levedura Meyerozyma guilliermondii para a produção de lipídios, com potencial para utilização como fonte de ácidos graxos essenciais. A batelada alimentada em frascos agitados foi avaliada utilizando diferentes estratégias de alimentação, na qual a alimentação com somente glicerol bruto em 48 h de cultivo incrementou o teor de lipídios em 23,8% (18,70%), os lipídios totais produzidos em 96,8% (2,42 g.L-1), a produtividade de lipídios em 38,8% (0,0143 g.L-1.h-1) e a biomassa em 59,0% (12,96 g.L-1), em relação aos cultivos em batelada. O perfil de ácidos graxos mostrou a predominância de ácidos graxos poli-insaturados, incluindo os ácidos graxos essenciais linoleico (53,2%) e gama-linolênico (29,2%).

Texto completo:

PDF


Vetor, ISSN Impresso: 0102-7352, E-ISSN: 2358-3452, Rio Grande - RS. Brasil.