Assim como o fogo, a palavra: cozinha, identidade e sociabilidade em uma feira na Amazônia

Autores

Palavras-chave:

alimentação, sociabilidade, Cametá-Pará.

Resumo

Trata-se de um trabalho etnográfico sobre as relações entre a Feira Municipal de Cametá/Pará e as práticas de sociabilidade em torno do alimento. Levanto aspectos concernentes à alimentação, linguagem e estrutura alimentar relacionando com aspectos de interações entre os indivíduos. Procuro definir, também, uma estrutura da refeição dessa comunidade, para entender a sua identidade e que ligações ela mantém com os alimentos ofertados na feria. Para tanto, recorro às discussões sobre comida e identidade, sobre “sistema alimentar” e estrutura da refeição; e sobre a identidade a partir do “triângulo culinário”. Partindo da concepção de que a linguagem transforma o mundo, levanto a hipótese de que ela é também elemento de transformação, a partir da interação e sociabilidade, assim como o fogo.

Biografia do Autor

Carlos Dias Júnior, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

É doutor em Antropologia pela UFPA. Professor da Instituto de Letras e Comunicação (UFPA), atua na área de Estudos Culturais, narratologia e etnografia e coordena a pesquisa "Falas da Feira:  narrativas e memórias de feiras e mercados na Amazônia" Cnpq/UFPA.

Downloads

Publicado

2020-03-25