A Arqueologia do Saber de Michel Foucault

Entre a descrição estrutural e a análise epistemológica

Autores

  • Pedro Ragusa UEPG/Professor

DOI:

https://doi.org/10.14295/rbhcs.v13i27.12406

Palavras-chave:

Metodologia-Arquologia-Estruturalismo

Resumo

O objetivo deste artigo é mostrar como a pesquisa arqueológica de Michel Foucault foi desenvolvida a partir da composição de um eixo teórico-metodológico híbrido, o qual, serviu de aporte para a prática de suas histórias arqueológicas nos anos sessenta. O hibridismo teórico-metodológico da arqueologia do saber foi explorado nesse artigo a partir de um percurso teórico que coloca em discussão a complexa relação entre a epistemologia francesa e o estruturalismo, ambos articulados pelo filósofo através da problemática sobre a descrição dos saberes. Dessa maneira, o artigo procura localizar a singularidade do método de Michel Foucault intitulado arqueologia do saber e oferecer uma contribuição para um importante debate originário nos sessenta sobre a participação de Foucault no movimento estruturalista. De fato, o filósofo adota procedimentos estruturalistas ao delimitar a noção de episteme como estrutura para os saberes, mas realiza uma análise estrutural através de uma problemática da pesquisa posta pela epistemologia francesa e através da descontinuidade histórica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Ragusa, UEPG/Professor

Pedro Ragusa ingressou na Universidade Estadual de Londrina em 2005, obtendo graduação no curso de História com habilitação em licenciatura em 2008. Em 2009 e 2010 fez pós-graduação em História Social pela Universidade Estadual de Londrina, entre 2010 e 2012 concluiu o Mestrado em Teoria da História pelo departamento de História da Universidade Estadual de Londrina. Entre 2013 e 2018 cursou o curso de doutorado na Unesp de Assis na linha História e Sociedade, defendeu uma tese na área de teoria e metodologia da história com o título: A Arqueologia do Saber de Michel Foucault como um híbrido teórico-metodológico: Entre a Epistemologia e o Estruturalismo. Professor colaborador pelo departamento de História da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Pesquisador estagiário no programa de pós-doutorado pela Universidade Estadual de Londrina.

Referências

CANGUILHEM, George. “L`objet de l´historie des sciences”. In: Études d´histórie et de philosophie des sciences. Paris: Vrin, 1994.

CARDOSO JUNIOR, Hélio Rebello. Enredos de Clio: pensar e escrever a História com Paul Veyne. São Paulo: Unesp. 2003.

CASTRO, Edgardo. Introdução a Foucault. Belo Horizonte: Autêntica. 2014.

CASTRO, Edgardo. Vocabulário de Foucault. Belo Horizonte. Autêntica. 2004.

DELEUZE, Gilles. Em que se pode Reconhecer o Estruturalismo? CHATELET, François. História da Filosofia: Ideias e Doutrinas, volume 8, O Século XX. São Paulo. Zahar Editora. 1973.

DREYFUS, Hubert L.; RABINOW, Paul. Michel Foucault: uma trajetória filosófica: para além do estruturalismo e da hermenêutica. 2° Edição. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

DOSSE, François. História do Estruturalismo: O Campo do Signo. Bauru/SP: EDUSC, 2007.

DOSSE, François. A história a prova do tempo. Da história em migalhes ao resgate do sentido. São Paulo: Editora Unesp. 2001.

FOUCAULT, Michel. A Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária. 2007.

FOUCAULT, Michel. As Palavras e as Coisas. São Paulo: Martins Fontes. 2007.

FOUCAULT, Michel. A Filosofia Estruturalista Permite Diagnosticar o que É “a Atualidade”. In: Ditos e Escritos, volume II. Arqueologia das Ciências e História dos Sistemas de Pensamento. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária. 3° Edição. 2013a.

FOUCAULT, Michel. A vida: Experiência e ciência”. In: Ditos e Escritos volume 2, Arqueologia das Ciências e História dos Sistemas de Pensamento. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária 3° Edição. 2013b.

FOUCAULT, Michel. Retornar a História. In: Ditos e Escritos volume II. Arqueologia das Ciências e História dos Sistemas de Pensamento. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária, 3° Edição. 2013c.

FOUCAULT, Michel. Michel Foucault Explica seu Último Livro. In: Ditos e Escritos, volume II. Arqueologia das Ciências, e História dos Sistemas de Pensamento. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária. 3ª Edição, 2013d.

FOUCAULT, Michel. Estruturalismo e Pós-Estruturalismo. In: Ditos e Escritos, volume II. Arqueologia das Ciências e História dos Sistemas de Pensamento. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária. 3° Edição. 2013e.

FOUCAULT, Michel. Resposta ao Círculo de Epistemologia In: Ditos e Escritos, volume II. Arqueologia das Ciências e História dos Sistemas de Pensamento. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária. 3° Edição. 2013f.

FOUCAULT, Michel. Linguística e Ciências Sociais. In: Ditos e Escritos, volume II. Arqueologia das Ciências, e História dos Sistemas de Pensamento. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária. 3° Edição. 2013g.

FOUCAULT, Michel. Foucault Responde a Sartre. In: Ditos e Escritos, volume VII. Arte, Epistemologia, Filosofia e História da Medicina. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária. 1° Edição. 2011a.

FOUCAULT, Michel. Entrevista com Michel Foucault. In: Ditos e Escritos, volume VII. Arte, Epistemologia, Filosofia e História da Medicina. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária. 1° Edição. 2011b.

FOUCAULT, Michel. Entrevista com Madeleine Chapsal. In: Ditos e Escritos, volume VII. Arte, Epistemologia, Filosofia e História da Medicina. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária 1° Edição. 2011c.

FOUCAULT, Michel. O que é o Senhor, Professor Foucault? In: Ditos e Escritos, volume X. Filosofia, Diagnóstico do Presente e Verdade. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro. Forense Universitária. 1° Edição. 2014.

JAQUET, Gabriela Menezes. A CONDUÇÃO DE SI E DOS OUTROS ATRAVÉS DE UMA ACONTECIMENTALIZAÇÃO DA HISTÓRIA EM MICHEL FOUCAULT. Dissertação de Mestrado apresentada no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2016.

MACHADO, Roberto. Foucault, A Ciência e o Saber. Rio de Janeiro: JZE. 2006.

MADARASZ, Norman R.; JAQUET, Gabriela M.; FÁVERO, Daniela N.; CENTENARO, Natasha (Orgs.). Foucault: leituras acontecimentais. [recurso eletrônico] / Norman R. Madarasz, Gabriela M. Jaquet, Daniela N. Fávero, Natasha Centenaro (Orgs.) -- Porto Alegre, RS: Editora Fi, 2016.

OKSALA, Johanna. Como ler Foucault. Rio de Janeiro. Editora. Jorge Zahar Editor. 2011.

REVEL, Judith. Michel Foucault: Un pensamiento de lo descontinuo. Buenos Aires. Amorrortu/editores. 2014.

RIBAS, Thiago Fortes. Foucault: Verdade e Loucura no Nascimento da Arqueologia. Curitiba. Editora da Universidade Federal do Paraná. 2014.

RIBEIRO, Renato Janine. (Org.). Recordar Foucault: São Paulo: Brasiliense. 1987.

ROUANET, Sérgio Paulo (Org.). O homem e o discurso a arqueologia de Michel Foucault. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1996.

ROUDINESCO, Elizabeth. Os filósofos da tormenta, Canguilhem, Sartre, Foucault, Althusser, Deleuze e Derrida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. 2007.

VALLEJO, Mauro. Michel Foucault y el estructuralismo: un sacerdocio apócrifo. In: Vallejo, M. & Rodríguez, F. El estructuralismo en sus márgenes. Ensayos sobre críticos y disidentes: Althusser, Deleuze, Foucault, Lacan y Ricoeur. (Buenos Aires: Ediciones del Signo. 2011.

VEYNE, Paul. Foucault, seu Pensamento, sua Pessoa. Rio de Janeiro. Civilização Brasileira. 2011.

WILLINAMS, James. Pós-Estruturalismo. Petrópolis, Rio de Janeiro. Vozes. 2013.

YEZBAK, André Constantino. Itinerários Cruzados: Os caminhos da contemporaneidade filosófica francesa nas obras de Jean-Paul Sartre e Michel Foucault. Tese de Doutorado apresentada na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. 2008.

YASBEK, André Constantino. 10 Lições sobre Foucault: Forense Universitária. Rio de Janeiro. 2011.

Downloads

Publicado

2022-06-23

Como Citar

Ragusa, P. (2022). A Arqueologia do Saber de Michel Foucault: Entre a descrição estrutural e a análise epistemológica. Revista Brasileira De História &Amp; Ciências Sociais, 13(27), 167–187. https://doi.org/10.14295/rbhcs.v13i27.12406

Edição

Seção

Artigos Livres