Indústrias criativas no segmento da moda: distribuição dos vínculos por sexo e escolaridade na Região Metropolitana de Porto Alegre em 2008 e 2017

Margarete Panerai Araujo, Moisés Waismann, Judite Sanson de Bem

Resumo


A moda é um dos maiores segmentos produtivos das indústrias criativas. Ela representa um vasto campo de produção e emprego, com ocupações mais ou menos intensivas em capital. As atividades são desempenhadas por ambos os sexos, mas em proporções muito diferentes. A Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA) tem em sua extensão 34 municípios com características distintas quanto à composição de atividades que compõem este segmento criativo. A presença feminina é motivo de discussão, pois há disparidades, quanto ao número e a sua formação, escolaridade. Assim, o objetivo deste artigo é fazer algumas considerações iniciais sobre a presença da mulher nas diferentes atividades que compõem a moda na RMPA em dois anos, 2008 e 2017. Metodologicamente o trabalho é uma pesquisa descritiva, com o uso de referências, que discutem a temática, bem como, os dados do Ministério da Economia, RAIS. Entre outros, percebe-se que as mulheres representam mais de 50% do número de trabalhadoras deste segmento e, ainda são menos escolarizadas que os homens que executam as mesmas atividades.


Palavras-chave


Indústrias criativas; Moda; Mulheres; Escolarização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/rbhcs.v11i22.10858

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Margarete Panerai Araujo, Moisés Waismann, Judite Sanson de Bem

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional 

Desde 07 de março de 2009

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia