Os primeiros 300 anos de história: Portugal e Espanha na América.

Autores

  • Ronaldo B. Colvero Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural - UFPEL.

Palavras-chave:

América. Expansão. Política

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar, de forma sucinta, os primeiros trezentos anos de colonização portuguesa e espanhola na América, verificando como ambas as Coroas Ibéricas inseriram-se e se mantiveram naquele espaço. Este, eivado de contradições que se reproduziam com o passar do tempo, bem como de possibilidades de experimentações políticas e econômicas, foi o cenário que permitiu a eclosão de ideias até então circunscritas à Europa pós-Revolução Francesa. Neste sentido, verifica-se que a teias mantidas entre ambos os lados do Atlântico por Portugal e Espanha, bem como a disputa pelo espaço, criavam por si mesmas as centelhas das revoluções que marcariam o século XIX, especialmente na América espanhola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ronaldo B. Colvero, Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural - UFPEL.

Mestre em História Regional pela UPF - Passo Fundo/RS. Doutor em História das Sociedades Ibéricas e Americanas pela PUCRS. Prof. Adjunto da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) Campus de São Borja/RS. Coordenador do Curso de Ciências Sociais - Ciência Política - 2011/2012. Professor do Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural - UFPEL.

Downloads

Publicado

2015-06-04

Como Citar

Colvero, R. B. (2015). Os primeiros 300 anos de história: Portugal e Espanha na América. Revista Brasileira De História &Amp; Ciências Sociais, 4(8). Recuperado de https://periodicos.furg.br/rbhcs/article/view/10495