Fotografia, história e estudos sociais: Propostas de interdisciplinaridade Teórica aplicada à revista Careta.

Autores

  • Cláudio de Sá Machado Júnior UFPEL
  • Maria Letícia Mazzucchi Ferreira UFPEL

Palavras-chave:

Fotografia. História. Estudos sociais. Revista Careta.

Resumo

Este artigo propõe reflexões teóricas acerca de revisões e reflexões engendradas a partir dos estudos oriundos dos campos da história visual e dos estudos sociais, tendo como pressuposto uma sucinta seleção de fotografias publicadas no semanário ilustrado carioca Careta, entre os meses de abril e junho de 1920. Caracteriza-se, sobretudo, como uma tentativa de aproximar as discussões realizadas pelos diferentes campos do conhecimento, a partir de referenciais teóricos específicos e buscando o preenchimento de lacunas para a constituição do que poderia se constituir como uma leitura histórico-sociológica das formas de sociabilidade dos segmentos sociais visíveis nas imagens fotográficas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudio de Sá Machado Júnior, UFPEL

Professor pós-doutorando do Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural da UFPel, bolsista do PNPDI/CAPES. Doutor em História pela UNISINOS. Mestre em História pela PUCRS. Especialista em História do Brasil pela FAPA. Licenciado em História pela UNISINOS. Primeiro tesoureiro da ANPUH-RS e coordenador do GT História Cultural RS (atividades voluntárias). Docente com experiência na Educação Básica (Fundamental e Médio) e Ensino Superior (extensão, graduação e pós-graduação), tanto presencial quanto a distância

Maria Letícia Mazzucchi Ferreira, UFPEL

Professora Associada da Universidade Federal de Pelotas. Tem experiência na área de Patrimônio, atuando principalmente nos seguintes temas: patrimônio industrial, patrimônio imaterial, tradição, memória, museus. É docente no Mestrado em Memória Social e Patrimônio Cultural da Universidade Federal de Pelotas. Foi membro da comissão de implantação do Curso de Bacharelado em Museologia, atuando como Coordenadora do mesmo entre 2006-2008. Presidente da Comissão de implantação do Curso de Bacharelado em Conservação e Restauro de Bens Culturais Móveis. Como pesquisadora possui projetos na área de Políticas públicas no campo do patrimônio e memória; História dos Museus, Memórias de exilados, patrimônio industrial. Foi pesquisadora do Inventário Nacional de Referências Culturais: Doce Pelotense, promovido pelo IPHAN, Monumenta e UNESCO. Coordena o projeto "Instituições, legislação, territórios e comunidades: perspectivas sobre o patrimônio material e imaterial no Brasil e Argentina", envolvendo a UFPel e a Universidade de Buenos Aires. Realizou estágio de pós-doutorado no Laboratoire d´Ethnologie et l´histoire de l´institution de la culture (LAHIC_EHESS) em Paris, pesquisando sobre o tema de Políticas Públicas de patrimônio imaterial. Coordena, pelo lado brasileiro, o projeto de cooperação com o Laboratoire d´Anthropologie et Sociologie de la Mémoire, Identité et Cognition Sociale (LASMIC), da Universidade de Nice, França. Participa de projeto de investigação sobre patrimônio tecnológico coordenado pelo Museu de Astronomia, MAST. Áreas de interesse: museus, regimes memoriais, patrimônio cultural, patrimônio industrial, políticas públicas de patrimônio e memória

Downloads

Publicado

2015-06-04

Como Citar

Machado Júnior, C. de S., & Ferreira, M. L. M. (2015). Fotografia, história e estudos sociais: Propostas de interdisciplinaridade Teórica aplicada à revista Careta. Revista Brasileira De História &Amp; Ciências Sociais, 4(8). Recuperado de https://periodicos.furg.br/rbhcs/article/view/10493