Com o Martelo e com o Espírito: ciência prática, reprodução das elites e espírito de corpo na Escola de Minas de Ouro Preto

Autores

  • Maria Amália de Almeida Cunha UFMG
  • Fábio Adriano Hering UFV

Palavras-chave:

História das Instituições de Ensino, Historiografia e Sociologia da Ciência, Escolarização das Elites

Resumo

Este artigo tem como objetivo investigar a relação entre os “filhos de Gorceix” e os “recém-chegados” na dinâmica atual da Escola de Minas de Ouro Preto. Para tal, levar-se-á adiante, em um primeiro momento, uma pesquisa bibliográfica sobre o passado da Escola e sua posteridade histórica e, por outro, uma discussão a partir de um conjunto de entrevistas dirigidas com atuais professores da Instituição. O artigo explora os referenciais teóricos de Norbert Elias e Pierre Bourdieu para discutir as ideias de configuração social, capital de antiguidade e espírito de corpo para o contexto em questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Amália de Almeida Cunha, UFMG

Mestre em Sociologia pela UNESP/Ar e Doutora em Educação pela UNICAMP. Professora do Departamento de Ciências Aplicadas à Educação da FaE – UFMG.

Fábio Adriano Hering, UFV

Mestre e Doutor em História pela UNICAMP. Professor do Departamento de História da UFV.

Downloads

Publicado

2015-06-04

Como Citar

Cunha, M. A. de A., & Hering, F. A. (2015). Com o Martelo e com o Espírito: ciência prática, reprodução das elites e espírito de corpo na Escola de Minas de Ouro Preto. Revista Brasileira De História &Amp; Ciências Sociais, 4(8). Recuperado de https://periodicos.furg.br/rbhcs/article/view/10483