Tropas e condutores em Mato Grosso: camaradas e arrieiros (primeira metade do século XIX).

Divino Marcos de Sena

Resumo


Neste artigo analiso a presença de trabalhadores livres no transporte terrestre na província de Mato Grosso num período anterior à crise do trabalho escravo no Brasil. A atuação de homens nesse tipo de serviço contribui para quebrar a ideia de que a região estava isolada na primeira metade do século XIX. As diversas vias de comunicação, interna e externa, e o trabalho dos condutores de tropa demonstram que a Província poderia sim estar distante dos centros de exportação do Império, mas de forma alguma isolada.

Palavras-chave


Tropas. Condutores. Mato Grosso

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 Revista Brasileira de História & Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional 

Desde 07 de março de 2009

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia