“Colonialismo mascarado” no século 21: análise geopolítica da crise ambiental e os desafios para a América Latina

Bruna Fabris, Maria Aparecida Lucca Caovilla, Ubiratan Alegransi Bones

Resumo


O artigo propõe uma análise acerca da crise ambiental sob a ótica geopolítica de Fernando Estenssoro, buscando compreender se a América Latina tem avançado em seu processo de descolonização. Os objetivos consistem em: apontar as noções conceituais e históricas do novo constitucionalismo latino-americano; Refletir a crise ambiental na América Latina; e, compreender os desafios enfrentados perante as grandes potências do Norte que administram um “colonialismo mascarado”. A metodologia empregada tratou de análise lógica indutiva, enquanto que as técnicas de pesquisa foram bibliográficas e documentais. Conclui-se que a colonização latino-americana ainda existe, mas permanece “mascarada”, acentuando-se com o passar do tempo. A maneira viável para trabalhar este cenário é através de métodos e estratégias de ação unitária entre os Estados da América Latina pelos seus próprios interesses comuns.

Palavras-chave


Colonialismo; Constitucionalismo; América Latina; Crise Ambiental; Geopolítica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/juris.v29i2.9438

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




JURIS - Revista da Faculdade de Direito, ISSN: 1413-3571, E-ISSN: 2447-3855, Rio Grande/RS, Brasil. Contato: revistajuris.furg@gmail.com
 
 
 
 
 

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ     PROPESQ 

PROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQ