A justiça social segundo a ótica de Santo Tomás de Aquino e o Magistério Pontifício

Maria de Fátima Prado Gautério

Resumo


O objeto do presente trabalho de investigação consiste na análise da
virtude da justiça com enfoque na justiça social, baixo a consideração cristã da mesma. Apresenta-se um recorrido às fontes
da filosofia tomista, especialmente Aristóteles. Destaca-se, sobremaneira, ensinamentos filosóficos e teológicos de Santo Tomás de Aquino e a contribuição do Magistério Pontifício, composto de inúmeras encíclicas e pronunciamentos papais.
Procede-se à análise da justiça enquanto virtude, todas as suas
classificações, a relação da justiça com o direito, abrangendo o tema da prudência e da conexão da existência virtuosa. Os temas de direito natural e direito positivo também se destacam no trabalho, pois se encontram diretamente relacionados com o tema da justiça. A análise da caridade como virtude máxima culmina o trabalho.

Palavras-chave


Justiça; Justiça social; Santo Tomás de Aquino; Magistério Pontifício

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/juris.v20i2.5697

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




JURIS - Revista da Faculdade de Direito, ISSN: 1413-3571, E-ISSN: 2447-3855, Rio Grande/RS, Brasil. Contato: revistajuris.furg@gmail.com
 
 
 
 
 

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ     PROPESQ 

PROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQPROPESQ