Corpo, Discurso e Trauma em um Testemunho Analítico<br>Corps, Discours et Traumatisme dans un Témoignage Analytique

Autores

  • Juliana de Castro Santana

Palavras-chave:

Trauma, Subjetividade, Testemunho, Traumatisme, Subjectivité, Témoignage

Resumo

Resumo
A partir de alguns fragmentos de cenas e experiências narradas por um sujeito, em seu percurso analítico, após receber o diagnóstico de câncer maligno em um estágio já avançado, busco mobilizar a dimensão do testemunho como transmissão do Real que emerge e se deixa entrever no relato de experiências traumáticas. A relação entre corpo, discurso e subjetividade será abordada, através de um trabalho sobre o significante e sua incidência no corpo e no modo de gozo do enunciador, com base na psicanálise de orientação lacaniana.

Résumé
À partir de quelques fragments de scènes et d’expériences racontées par un sujet, dans son parcours analytique, après avoir reçu le diagnostic de cancer malin à un stade avancé, je cherche à mobiliser la dimension du témoignage comme transmission du réel qui émerge et qui permet d´entrevoir dans le rapport des expériences traumatiques. La relation entre le corps, le discours et la subjectivité aura une approche, à travers un travail appuié sur la notion de signifiant et son incidence dans le corps et le mode de jouissance de l’énonciateur, orienté par la psychanalyse lacanienne.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana de Castro Santana

Licenciada em Letras (Inglês / Português) pela UNESP – Rio Preto. Mestre e Doutora em Linguística Aplicada, com Pós-Doutorado em Tradução, pela UNICAMP. Foi professora, pesquisadora e orientadora no Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da UNITAU e no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da UNIVÁS. Possui formação em Psicanálise pelo Centro Lacaniano de Investigação da Ansiedade (CLIN-a). Atualmente, exerce a Psicanálise Clínica em consultório particular, além de atuar como docente de graduandos e pós-graduandos na Faculdade de Tecnologia (FATEC) e na Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP).

Referências

ALBERTI, C.; BROUSSE, M-H. Os Traumas na Cura Analítica – Bons e Maus Encontros com o Real. Texto de Orientação das XXIII Jornadas Clínicas da EBP-Rio e do ICP-RJ, 2014.

LISPECTOR, Clarice. A Maçã no Escuro. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

FERNANDO, Pessoa. Poesias de Álvaro de Campos. Fernando Pessoa. Lisboa: Ática, (1944 [1993]), p. 124.

FREUD, S. Inibições, Sintomas e Ansiedade (1926 [1925]). In: Edição Standard Brasileira das obras psicológicas completas de Freud, volume XX: Um estudo autobiográfico, Inibições, Sintomas e Ansiedade, Análise Leiga e outros trabalhos. Rio de Janeiro: Imago Editora, 1996, p. 131 – 171.

GINDRO, C. O sintoma no binário sentido-gozo. In: BALDINI, L.; BARBAI, M.; CAVALLARI, J. (Orgs.) Discurso e Psicanálise: a-versão do sentido, 2016.

GUIMARÃES, L. O encontro com o gozo feminino (segunda versão). In: Ornicar? Digital. 18 de novembro de 2000.

HENRY, Paul. A ferramenta imperfeita: língua, sujeito e discurso. Campinas: Editora da Unicamp, 1 ed., 1992.

HOLCK, Ana Lucia L. Notas sobre a pesquisa. In: HOLCK, A.L.; GROVA, T. (Orgs.) Ao pé da letra: leituras e escrituras na clínica psicanalítica. Rio de Janeiro: Subversos, 2014, p. 27 – 45.

KATO, M.C.R. Um ditador dita a dor. In: Opção Lacaniana: O real no século XXI. Revista Brasileira Internacional de Psicanálise, n. 63, junho de 2012, pp. 79 - 81.

LACAN, J. (1957). A instância da letra no inconsciente ou a razão desde de Freud. In: Escritos. Rio de Janeiro, Zahar, 1998, p. 496 – 533.

________. (1964). O Seminário Livro 11. Os quatro conceitos fundamentais da Psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar 2 edição, 1998.

________. (1975). Conferencia en Genebra sobre el síntoma. In: Intervenciones y Textos 2, 1998, p. 115-144.

________. (1975-1976). O seminário. Livro 23. O Sinthoma. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2007. p. 145.

MARIANI, B. A impotência das palavras” e o indizível em Morte inventada. Notas sobre alguns testemunhos. (ou Primeiras notas sobre a função testemunhal). In: BALDINI, L.J.; BARBAI, M.A.; CAVALLARI, J.S. (Orgs) Discurso e Psicanálise: a-versão do sentido. Campinas: Pontes Editores, 2016, p. 159 – 173.

RINALDI, D. O corpo estranho. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, São Paulo, v. 14, n. 3, p. 440-451, set.2011.

Publicado

2020-11-09

Como Citar

Santana, J. de C. (2020). Corpo, Discurso e Trauma em um Testemunho Analítico&lt;br&gt;Corps, Discours et Traumatisme dans un Témoignage Analytique. Deslocamentos/Déplacements: Revista Franco-Brasileira Interdisciplinar De psicanálise, 1(2), 261–275. Recuperado de https://periodicos.furg.br/des/article/view/12067

Edição

Seção

Dossiê