A configuração retórica do leitor em O guarani: leitor-aprendiz

Maria Eulália Ramicelli

Resumo


A condição comunicativa da obra literária é estruturalmente construída segundo parâmetros de gênero literário e de formalização de um lugar no texto para o autor e o leitor. Essa questão interessa para o estudo de aspectos críticos ainda latentes no contexto brasileiro e que dizem respeito ao modo como se construiu, pela literatura, uma compreensão de formação do Brasil. Nesse sentido, analiso como a configuração retórica do leitor em O guarani, de José de Alencar, expressa as condições de produção de cultura letrada no Brasil oitocentista. Esse romance representativo de nosso Romantismo explicita a problemática da construção de legibilidade da narrativa, enquanto discurso ficcional, num contexto pouco letrado. De fato, o narrador de O guarani cumpre a dupla função de apresentar fatos históricos e uma certa geografia física e humana do Brasil, além de preparar o leitor brasileiro para compreender o mecanismo da narrativa ficcional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Cadernos Literários