AS REPRESENTAÇÕES DA LITERATURA FANTÁSTICA NO CENÁRIO ARGENTINO E NO CONTO “EL EMPAREDADO”, DE JUANA MANUELA GORRITI

Autores

  • Lisiane Ferreira de Lima Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

Resumo

Ao fazermos uma análise do contexto literário hispano-americano, compreendemos a literatura argentina como um dos países no qual a literatura fantástica foi amplamente difundida desde o século XIX até a contemporaneidade. Ao mensurarmos aos autores e as autoras que desenvolveram elementos fantásticos em seus escritos nos deparamos com o pioneirismo a obra de Juana Manuela Gorriti (1816-1892). É assim que algumas pesquisas, produzidas nos últimos anos, têm tratado de análises de pesquisas históricas ou da representação do feminino na obra de Gorriti, diante disto, temos como proposta analisar outra vertente desenvolvida nas obras da referida autora. Neste estudo, tencionamos analisar a literatura fantástica presente no conto “El emparedado”, do livro Panoramas de la vida (1876), segunda obra publicada por Gorriti. Com essa análise iremos abordar as motivações que fazem com que Gorriti seja uma das precursoras do fantástico na literatura hispano-americana do século XIX, sob o ponto de vista das teorias como as de Roger Caillois, Louis Vax e Tzvetan Todorov.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-05-24

Como Citar

Lima, L. F. de . (2022). AS REPRESENTAÇÕES DA LITERATURA FANTÁSTICA NO CENÁRIO ARGENTINO E NO CONTO “EL EMPAREDADO”, DE JUANA MANUELA GORRITI. Cadernos Literários, 28(2). Recuperado de https://periodicos.furg.br/cadliter/article/view/14357

Edição

Seção

Artigos