INTERTEXTUALIDADE, VOZES E PONTOS DE VISTA EM DOM QUIXOTE E VAI, BRASIL, DE ALEXANDRA LUCAS COELHO:

APROXIMAÇÕES E DISTANCIAMENTOS

Autores

  • Mariana Letícia Ribeiro Furg

Resumo

O presente texto propõe uma reflexão a respeito de como obras de épocas diferentes – Dom Quixote, do autor castelhano Miguel de Cervantes, e Vai, Brasil, da escritora portuguesa contemporânea Alexandra Lucas Coelho – podem utilizar-se, de maneira diversa, das mesmas estratégias narrativas, tais como a intertextualidade e o uso de múltiplas vozes e pontos de vista. Assim, discute-se o sujeito pós-moderno e barroco, tecendo aproximações e distanciamentos entre ambos, uma vez que serão cruciais para compreender o modo como as obras aqui em diálogo respondem à questionamentos de seu próprio tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-12-20

Como Citar

Letícia Ribeiro, M. . (2021). INTERTEXTUALIDADE, VOZES E PONTOS DE VISTA EM DOM QUIXOTE E VAI, BRASIL, DE ALEXANDRA LUCAS COELHO: : APROXIMAÇÕES E DISTANCIAMENTOS. Cadernos Literários, 28(1), 116–128. Recuperado de https://periodicos.furg.br/cadliter/article/view/13855

Edição

Seção

Artigos