"O processo" em dois tempos: Kafka e Orson Welles

Autores

  • Daniel Baz dos Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul- IFRS/Campus Rio Grande

Palavras-chave:

Literatura, Cinema, Adaptação.

Resumo

Este trabalho discute o romance O processo (1925), de Franz Kafka, e sua versão cinematográfica dirigida por Orson Welles (1962). As diferenças e semelhanças entre os dois textos introduzem uma discussão sobre o valor da adaptação enquanto um fenômeno cultural independente que envolve
compreender a natureza construtiva da arte.

Referências

ANDERS, Günther. Kafka: pró & contra. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

AUMONT, Jacques. A estética do filme. São Paulo: Papirus, 1995.

BAZIN, André. Orson Welles. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

BARTHES, Roland; COMPAGNON, Antoine. Leitura. In: ENCICLOPÉDIA Einaudi. v. 11. Oral/Escrito. Lisboa: Imprensa Nacional/Casa da Moeda, 1984. p. 184-206.

BENJAMIN, Walter. Charles Baudelaire: um lírico no auge do capitalismo. Obras escolhidas III. São Paulo:

Brasiliense, 1994.

BETTON, Gérard. Estética do cinema. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

BERNADET, Jean-Claude. Que é cinema? São Paulo: Brasiliense, 2000.

CARONE, Modesto. Lição de Kafka. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

DELEUZE, Gilles. A imagem-movimento. São Paulo: Brasiliense, 1985.

DINIZ, Thaïs Flores Nogueira. Literatura e cinema: tradução, hipertextualidade, reciclagem. Belo Horizonte: Faculdade

de Letras da UFMG, 2005.

ECO, Umberto. A diferença entre livro e filme. EntreLivros, São Paulo, ano 1, n. 7, p. 98, nov. 2005.

EISENSTEIN, Sergei. O sentido do filme. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1990.

EPSTEIN, Jean. O cinema e as letras modernas. In: XAVIER, Ismail (Org.). A experiência do cinema. Rio de Janeiro:

Graal, 1983.

GENETTE, Gérard. Palimpsestos: a literatura de segunda mão. Belo Horizonte: Viva Voz, 2010.

HUTCHEON, Linda. Uma teoria da adaptação. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2011.

J

AUSS, Hans Robert. A história da literatura como provocação à teoria literária. São Paulo: Ática, 1994.

KAFKA, Franz. A metamorfose. Rio de janeiro: Antofágica, 2019.

______. O processo. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

KRISTEVA, Julia. Introdução à semanálise. São Paulo: Perspectiva, 1974.

O PROCESSO. Direção: Orson Welles. França/Itália/Alemanha: Paris-Europa Productions/Hisa-Films/FI. C. IT., 1962

(119 min).

PELLEGRINI, Tânia. Narrativa verbal e narrativa visual: possíveis aproximações. In: PELLEGRINI, Tânia et al.

Literatura, cinema e televisão. São Paulo: Ed. SENAC; Instituto Itaú Cultural, 2003.

STAM, Robert. Introdução à teoria do cinema. Campinas: Papirus, 2003.

______. Teoria e prática da adaptação: da fidelidade à

intertextualidade. Ilha do Desterro, Florianópolis, v. 3, n. 51,

p. 19-53, dez. 2006.

TEMPOS modernos. Direção: Charles Chaplin. Estados Unidos: United Artists Films, 1936 (87 min).

XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico: a opacidade e a transparência. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

Downloads

Publicado

2020-10-09

Como Citar

Santos, D. B. dos. (2020). "O processo" em dois tempos: Kafka e Orson Welles. Cadernos Literários, 27(2), 22–31. Recuperado de https://periodicos.furg.br/cadliter/article/view/11749

Edição

Seção

Seção Livre