Aspectos do mito no romance de fantasia de J. R. R. Tolkien

Valter Henrique de Castro Fritsch

Resumo


O presente artigo aponta alguns aspectos relevantes de um dos mais celebrados autores do gênero fantasia – J. R. R. Tolkien. O texto aborda algumas possíveis conexões com conteúdo mitológico em sua obra, que
podem ser interpretados como um ponto para captura da maioria de seus leitores. O século XX testemunhou uma grande retomada da fantasia nas artes e nos meios midiáticos, o que poderia ser encarado como uma fuga de um mundo ferido após duas Guerras Mundiais que trouxeram desolação e valores mais fluidos para as sociedades moderna e contemporânea. Este artigo oferece uma análise de alguns aspectos do imaginário de Tolkien, focalizando na construção da Terra-média e algumas de suas regras. Discutirei a apresentação antitética da dicotomia do bem e do mal no romance, bem como o apelo mitológico de Tolkien na sociedade contemporânea.


Palavras-chave


O Senhor dos Anéis; J. R. R. Tolkien; Romance de fantasia; Mitologia; Literatura inglesa.

Texto completo:

PDF

Referências


BOETHIUS, A. M. De Musica: Medieval Music. Disponível em:

http://www.amydunker.com/Article%20pdfs/Music%20History.pdf.

CAMPBELL, Joseph. The Hero with a Thousand Faces. New Jersey: Princeton University Press, 2003.

______ (Org.). Mitos, sonhos e religião: nas artes, na filosofia e na

vida contemporânea. Rio de Janeiro: Ediouro, 2001.

CARPENTER, Humphrey. The Inklings: C. S. Lewis, J. R. R. Tolkien, Charles Williams and their Friends. Boston:

Houghton Mifflin, 1979.

______ (Ed.). The Letters of J. R. R. Tolkien. Boston: Houghton Mifflin, 1981.

______. J. R. R. Tolkien: a Biography. New York: HarperCollins Publishers, 2002.

CHEVALIER, Jean; GHEERBRANT, Alain. Dicionário de símbolos: mitos, sonhos, costumes, gestos, formas, figuras,

cores, números. Rio de Janeiro: José Olympio, 2015.

COLBERT, David. O mundo mágico do Senhor dos Anéis: mitos,

lendas e histórias fascinantes. Rio de Janeiro:

Sextante, 2002.

DURAND, Gilbert. A imaginação simbólica. São Paulo: Cultrix, 1988.

HARI, Johan. The wrong Lord of the Reads. The Independent, 12 December 2003. Disponível em:

https://www.independent.co.uk/voices/commentators/johann-hari/the-wrong-lord-of-the-reads-82201.html.

JUNG, Carl. Man and his Symbols. London: Picador, 1978.

KYRMSE, Ronald. Explicando Tolkien. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

POUND, Ezra. The ABC of Reading. Harmondsworth: Penguin, 1960.

PROPP, Vladimir. Morfologia do conto maravilhoso. Trad. Jasna Paravich Sarhan. Rio de Janeiro: Forense

Universitária, 1984.

SHIPPEY, Tom. J. R. R. Tolkien: Author of the Century. London: Harper Collins Publisher, 2001.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Antropologia estrutural. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1993.

TOLKIEN, J.R.R. The Hobbit or There and Back Again. 19ed. New York: Ballantine Books, 2000.

______. O Senhor dos Anéis. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

______. O Silmarillion. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

______. Sobre histórias de fadas. São Paulo: Conrad, 2010.

VICO, Giambattista. Princípios de uma ciência nova: acerca da natureza comum das nações. São Paulo: Abril Cultural,


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Cadernos Literários



PROPESQ    PROPESQ PROPESQ

PROPESQ PROPESQ