Biblioteca comunitária Bruno Fenzl: um estudo de caso de seu papel educativo no contexto da comunidade de Caruará, Marahú e Paraiso na Ilha de Mosqueiro

Autores

  • Telma Socorro Silva Sobrinho Universidade Federal do Pará, Belém, Pará http://orcid.org/0000-0001-9405-0620
  • Claudia Saldanha Coimbra Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.14295/biblos.v33i2.9434

Palavras-chave:

Biblioteca Comunitária

Resumo

Apresenta estudo de caso realizado na Biblioteca Bruno Fenzl, uma das unidades do Instituto Ampliar – Organização não Governamental (ONG) – que visa desenvolver  trabalhos de sensibilização ambiental nas praias de Caruará, Marahú e Paraiso na Ilha de Mosqueiro Belém-PA. Tem como objetivo analisar a forma como a Biblioteca Comunitária Bruno Fenzl contribui, dando apoio educacional e promovendo incentivo à leitura a estudantes pertencentes a comunidade onde está inserida. Adota uma abordagem qualitativa onde a coleta de dados se deu por meio de entrevistas individuais, seguindo um roteiro estruturado, utilizando-se da técnica metodológica de análise do desenho. Os resultados revelam que apesar de estarmos na era da internet, ainda assim, o livro impresso é um suporte bastante atrativo quando se trata de práticas de leitura.

 

Palavras-chave: Biblioteca comunitária. Função pedagógica da biblioteca comunitária. Leitura. Desenho infantil.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Telma Socorro Silva Sobrinho, Universidade Federal do Pará, Belém, Pará

Professora da Faculdade de Biblioteconomia da Universidade Federal do Pará, na área de Representação Temática da Informação, leitura e bibliotecas escolares.

Claudia Saldanha Coimbra, Universidade Federal do Pará

Bibliotecária e Pedagoga, atuando em Escola do Municipio de Belém-PA.

Referências

ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de. Bibliotecas públicas e bibliotecas alternativas. Londrina: Ed. UEL, 1997.

BOHM, Marcelo Ribeiro. Estudo de perfil e necessidades informacionais dos usuários da Biblioteca Livros Sobre Trilhos: Estação Mercado. 2009. 74 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Biblioteconomia). Curso de Biblioteconomia. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/22695/000740216.pdf?sequence=1. . Acesso em: 27 jul. 2015.

CASTRO, Carla Jeane dos Santos; OLIVEIRA, Milra Alves de; ALVES, Thainara de Jesus. Biblioteca comunitária “Ler pra Valer”: análise do comportamento informacional. In: ENCONTRO REGIONAL DOS ESTUDANTES DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO, CIÊNCIA E GESTÃO DA INFORMAÇÃO – EREBD, 17, 2014. Anais... Disponível em: http://www.erebdfortaleza2014.ufc.br/gt/GT4/Biblioteca%20Comunit%C3%A1ria%20Ler%20 pra%20Valer.pdf. . Acesso em: 21 abr. 2016.

DERDYK, Edith. Formas de pensar o desenho. São Paulo: Scipione, 1989.

DERDYK, Edith. Formas de Pensar o Desenho: desenvolvimento do Grafismo Infantil. Porto Alegre: Zouk, 2010.

INSTITUTO AMPLIAR. Relatório de atividades 2014. Belém, 2014.

MACHADO, Elisa Campos. Bibliotecas comunitárias como prática social no Brasil. 2008. 184 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27151/tde-07012009-172507/pt-br.php. Acesso em: 30 jul. 2015.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2001.

WESSFLL, Cyntia Silva. Bibliotecas Comunitárias e cidadania: uma aproximação teórica. 2011. 44 f. TCC (Graduação) - Curso de Biblioteconomia, Departamento de Ciências da Informação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/37502/000819872.pdf?sequence=1.

. Acesso em: 07 jan. 2016.

Downloads

Publicado

2019-11-01

Como Citar

Silva Sobrinho, T. S., & Coimbra, C. S. (2019). Biblioteca comunitária Bruno Fenzl: um estudo de caso de seu papel educativo no contexto da comunidade de Caruará, Marahú e Paraiso na Ilha de Mosqueiro. BIBLOS, 33(2), 148–162. https://doi.org/10.14295/biblos.v33i2.9434

Edição

Seção

Artigos