Biblioteca comunitária Bruno Fenzl: um estudo de caso de seu papel educativo no contexto da comunidade de Caruará, Marahú e Paraiso na Ilha de Mosqueiro

Telma Socorro Silva Sobrinho, Claudia Saldanha Coimbra

Resumo


Apresenta estudo de caso realizado na Biblioteca Bruno Fenzl, uma das unidades do Instituto Ampliar – Organização não Governamental (ONG) – que visa desenvolver  trabalhos de sensibilização ambiental nas praias de Caruará, Marahú e Paraiso na Ilha de Mosqueiro Belém-PA. Tem como objetivo analisar a forma como a Biblioteca Comunitária Bruno Fenzl contribui, dando apoio educacional e promovendo incentivo à leitura a estudantes pertencentes a comunidade onde está inserida. Adota uma abordagem qualitativa onde a coleta de dados se deu por meio de entrevistas individuais, seguindo um roteiro estruturado, utilizando-se da técnica metodológica de análise do desenho. Os resultados revelam que apesar de estarmos na era da internet, ainda assim, o livro impresso é um suporte bastante atrativo quando se trata de práticas de leitura.

 

Palavras-chave: Biblioteca comunitária. Função pedagógica da biblioteca comunitária. Leitura. Desenho infantil.

 


Palavras-chave


Biblioteca Comunitária

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de. Bibliotecas públicas e bibliotecas alternativas. Londrina: Ed. UEL, 1997.

BOHM, Marcelo Ribeiro. Estudo de perfil e necessidades informacionais dos usuários da Biblioteca Livros Sobre Trilhos: Estação Mercado. 2009. 74 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Biblioteconomia). Curso de Biblioteconomia. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/22695/000740216.pdf?sequence=1. . Acesso em: 27 jul. 2015.

CASTRO, Carla Jeane dos Santos; OLIVEIRA, Milra Alves de; ALVES, Thainara de Jesus. Biblioteca comunitária “Ler pra Valer”: análise do comportamento informacional. In: ENCONTRO REGIONAL DOS ESTUDANTES DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO, CIÊNCIA E GESTÃO DA INFORMAÇÃO – EREBD, 17, 2014. Anais... Disponível em: http://www.erebdfortaleza2014.ufc.br/gt/GT4/Biblioteca%20Comunit%C3%A1ria%20Ler%20 pra%20Valer.pdf. . Acesso em: 21 abr. 2016.

DERDYK, Edith. Formas de pensar o desenho. São Paulo: Scipione, 1989.

DERDYK, Edith. Formas de Pensar o Desenho: desenvolvimento do Grafismo Infantil. Porto Alegre: Zouk, 2010.

INSTITUTO AMPLIAR. Relatório de atividades 2014. Belém, 2014.

MACHADO, Elisa Campos. Bibliotecas comunitárias como prática social no Brasil. 2008. 184 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27151/tde-07012009-172507/pt-br.php. Acesso em: 30 jul. 2015.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2001.

WESSFLL, Cyntia Silva. Bibliotecas Comunitárias e cidadania: uma aproximação teórica. 2011. 44 f. TCC (Graduação) - Curso de Biblioteconomia, Departamento de Ciências da Informação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/37502/000819872.pdf?sequence=1.

. Acesso em: 07 jan. 2016.




DOI: https://doi.org/10.14295/biblos.v33i2.9434

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 BIBLOS



PROPESQ PROPESQ  PROPESQ  PROPESQ PROPESQ  PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ 

Flag Counter