Preprints na comunicação científica: uma introdução

Autores

  • Edilson Damasio UEM/IBICT/UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.14295/biblos.v32i2.8635

Palavras-chave:

Preprints. Comunicação científica, Editoração, Publicação científica

Resumo

O modelo de publicação em preprints está inserido na comunicação científica. Definido como um documento técnico científico disponibilizado de forma preliminar antes de sua publicação. Após os recursos da Internet e com diretrizes indicadas pelos movimentos de Acesso Aberto, surgiram na década de 1990 os primeiros projetos de disponibilização e arquivamento de artigos científicos antes da publicação, denominados preprints. O primeiro servidor, o arXiv é muito utilizado por áreas de exatas e computação há duas décadas. No início de 2010 os preprints começam a ganhar vida em outras áreas, e em 2013 na área biomédica com a criação do bioRXiv, com o objetivo de compartilhar textos, rascunhos, documentos de trabalho e seus resultados antes da revisão por pares e publicação. O modelo de publicação preprints está em constante crescimento junto às publicações em acesso aberto, e mostra-se como um novo paradigma da revisão por pares, e uma das atuais discussões em comunicação científica e editoração, chegando a ser um modelo adotado pelas principais revistas interdisciplinares do mundo as revistas Nature e Science, e com projeto lançado em 2017 para o SciELO. Também são incentivados por agências de financiamento e autores da área biomédica como um modelo muito positivo, prioritário e eficiente. Outra facilidade dos preprints é a sua possibilidade de conexão com outros modelos de disponibilização de conteúdos atuais, como as redes sociais e outras mídias gerando uma visualização e impacto nos meios de divulgação não tradicionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edilson Damasio, UEM/IBICT/UFRJ

Doutor em Ciência da Informação UFRJ/IBICT. Bibliotecário do Departamento de Matemática da UEM. Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Estadual de Londrina (1995) e mestrado em Biblioteconomia Ciência Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2001). Bibliotecário da Universidade Estadual de Maringá, com experiência em revistas eletrônicas, assessoria em indexação), faz parte do conselho editorial e avaliador das revistas - Arquivística.Net, Revista Interamericana de Bibliotecología, RDBD e Arquivos ACB. Atuou no planejamento e implantação do Portal do Conhecimento da ANVISA-Agência Nacional de Vigilância Sanitária, consultor BIREME/OPAS/OMS (2002-2003). Palestrante nas áreas de editoração científica, visibilidade de produção científica, critérios de qualidade de periódicos em eventos nacionais e internacionais. Tem experiência na área de Ciência da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: bases de dados bibliográficas, periódicos eletrônicos, técnicas de recuperação da informação, informação em saúde, comunicação científica, sistemas de editoração eletrônica (SEER), Open Journal Systems (OJS), CrossRef, normalização e informação científica, portais de informação técnico científica, bibliometria, cientometria, indexação de periódicos, metadados XML e comunicação científica, DOI - Digital Object Identifier (implementação), visibilidade internacional de periódicos, plágio científico.

Referências

arXiv. Statistics. 2016. Disponível em: <https://arxiv.org/help/stats/2016_by_area/index>. Acesso em: 20 jul. 2018.

ASAPbio. Survey results. 2016. Disponível em: < http://asapbio.org/survey >. Acesso em: 20 mar. 2017.

BILDER, Geoffrey. Members will soon be able to assign Crossref DOIs to preprints. Crossref Blog, 5 May 2016. Disponível em: <https://www.crossref.org/blog/members-will-soon-be-able-to-assign-crossref-dois-to-preprints/>. Acessoem: 11 abr. 2017.

bioRXiv. The preprint server for biology. Disponível em: <http://biorxiv.org/>. Acesso em: 20 jul. 2016.

CALLAWAY, Ewen. Preprints come to life. Nature, 503, 14 Nov. 2013. doi: 10.1038/503180a

CALLAWAY, Ewen. Heavyweight funders back central site for life-sciences preprints. Nature, v. 542, no. 7641, 13 Fev. 2017. doi: 10.1038/nature.2017.21466

CROSSREF. Multiple resolution. Disponível em: < https://www.crossref.org/services/content-registration/multiple-resolution/ >. Acesso em: 20 nov. 2018a.

CROSSREF. Preprints. Disponível em: < https://www.crossref.org/services/content-registration/preprints/ >. Acesso em: 20 abr. 2018b.

GARVEY, William D.; LIN, Nan; TOMITA, Kazuo. Research studies in scientific communication: IV. The continuity of dissemination of information by “productive scientists”. Information Storage and Retrieval, v. 8, n. 6, p. 265-276, 1972. doi: https://doi.org/10.1016/0020-0271(72)90017-4

GINSPARG, Paul. ArXiv at 20.Nature, v. 476, p. 145-147, 11 Aug. 2011. doi: 10.1038/476145a

MEADOWS, A. J. A comunicação científica. Tradução de Antonio Agenor Briquet de Lemos. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1999.

MUELLER, Suzana Pinheiro Machado. A Comunicação Científica e o movimento de acesso livre ao conhecimento. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 35, n. 2, p. 27-38, 2006. doi: https://doi.org/10.1590/s0100-19652006000200004

PACKER, Abel L.; SANTOS, Solange; MENEGHINI, Rogerio. SciELO Preprints a caminho. SciELOemPerspectiva, 22 fev. 2017. Disponível em: <http://blog.scielo.org/blog/2017/02/22/scielo-preprints-a-caminho>. Acesso em: 11 abr. 2017.

POWELL, Kendall. Does it take too long to publish research? Nature, 530, p.148-151, 11 Fev. 2016. doi: 10.1038/530148a

PREPRINTS.ORG. Disponível em: < https://www.preprints.org/about >. Acesso em: 20 jun. 2018.

PUBLONS. Track more of your research impact. Disponível em: < https://publons.com/about/home/ >. Acesso em: 20 out. 2018.

STAT. Stat News.Should researchers publish their findings before peer review? Disponível em: <https://www.statnews.com/2016/05/27/preprint-biology-bioxriv/>. Acesso em: 27 maio 2016.

WERSIG, G. Information Science: the study of postmodern knowledge usage. Information Processing & Management, Amsterdam, v. 29, n. 2, p. 229-239, 1993. doi: https://doi.org/10.1016/0306-4573(93)90006-y

WHITIFIELD, John. Open Access comes of age. Nature, v. 474, n. 428, 2011. doi: 10.1038/474428a

Downloads

Publicado

2019-06-02

Como Citar

Damasio, E. (2019). Preprints na comunicação científica: uma introdução. BIBLOS, 32(2), 155–168. https://doi.org/10.14295/biblos.v32i2.8635

Edição

Seção

Artigos