Características da produção científica dos professores do Instituto de Ciências Humanas e da Informação da Universidade Federal do Rio Grande – FURG (2009 – 2012)

Adriana da Silva Duarte, Maria Fátima S. Maia

Resumo


O artigo mostra o resultado de um estudo cientométrico sobre as características da produção científica dos professores vinculados ao Instituto de Ciências Humanas e da Informação – ICHI, da Universidade Federal do Rio Grande – FURG. Foram analisadas as publicações em periódicos científicos, livros e capítulos de livros, no período entre 2009 e 2012. Os dados foram coletados na Plataforma de Currículos Lattes do CNPq. Os resultados mostram que mais da metade (53,5%) das publicações foram em autoria coletiva, compartilhada, principalmente, entre dois e três autores. No que se refere a produtividade, os professores dos cursos de História e Geografia acumularam mais da metade das publicações de todo o ICHI. As análises sobre a tipologia das publicações demonstram um predomínio de artigos de periódicos e foram identificadas diferenças entre os cursos. Os professores dos cursos de História e Arqueologia publicaram mais livros e capítulos de livros, enquanto na Psicologia e Biblioteconomia predominaram os artigos. É fundamental que profissionais bibliotecários tenham uma percepção clara sobre estas distinções, pois este fator contribui na qualificação das atividades referentes ao uso de fontes de informação e no desenvolvimento de coleções e acervos. Quanto aos periódicos utilizados, verificou-se uma forte característica endógena, isto é, prevaleceram os artigos publicados em títulos editados pela FURG. Sendo assim, considera-se importante que haja uma orientação para que os professores busquem fontes externas como canais de comunicação, pois esta seria uma estratégia válida no sentido de proporcionar maior visibilidade acadêmica para os trabalhos realizados pelos professores do ICHI e, consequentemente, da Universidade Federal do Rio Grande – FURG.

Palavras-chave: Ciência da informação. Ciências Humanas. Biblioteconomia. Comunicação científica. Produtividade institucional. Bibliometria.

Palavras-chave


Ciência da informação;Ciências Humanas; Biblioteconomia; Comunicação científica; Produtividade institucional; Bibliometria.

Texto completo:

PDF

Referências


CARELLI, A. E.; CARELLI, I. M. Estudo de produção científica do SBGames da Trilha Arte & Design de 2004 a 2009. In: HAYASHI, M. C. P. I.; FARIA, L. I. L., et al. Bibliometria e Cientometria: estudos temáticos. São Carlos: Pedro & João, 2012. p.207-216.

CUNHA MELO, J. R; SANTOS, G. C.; ANDRADE, M. V. Brazilian medical publications: citation patterns for Brazilian-edited and non-Brazilian literature. Braz J Med Biol Res, v.39, n.8, p.997-1002, Aug. 2006.

FONSECA, E. N. Bibliometria: teoria e prática. São Paulo: Cultrix 1986.

LEITE, P.; MUGNAINI,R.; LETA,J.A new indicator for international visibility: exploring Brazilian scientific community. Scientometrics, v.88, n.1, p.311-19. 2011.

MACÍAS-CHAPULA, C. A. O papel da informetria e da cienciometria e sua perspectiva nacional e internacional. Ciência da Informação, Brasília, v.27, n.2, p.134-40. 1998.

MAIA, M. F. S.; CAREGNATO, S. E. Co-autoria como indicador de redes de colaboração científica. Perspectivas em Ciência da Informação, v.13, n.2, p.18-31. 2008.

MEADOWS, A. J. A comunicação científica. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1999.

MUGNAINI, Rogério; JANNUZZI, Paulo de Martino; QUONIAM, Luc. Indicadores bibliométricos da produção científica brasileira: uma análise a partir da base pascal. Ci. Inf., Brasília, v. 33, n. 2, p. 123-131. 2004.

NEWMAN, M. E. J. Coauthorship networks and patterns of scientific collaboration. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v.101, Suppl. 1, p.5200-5205. 2004.

OLIVEIRA, Érica Beatriz Pinto Moreschi de; NORONHA, Daisy Pires. A comunicação científica e o meio digital. Informação & Sociedade, João Pessoa, v. 15, n. 1, p. 75-92. 2005.

SILVA, A. O. et al. Colaboração entre programas de pós-graduação brasileiros em ciência da informação: modelagem baseada em grafos. Informação & Informação, v.17, n.3, p.1-22. 2012

VANZ, S.; STUMPF, I. R. C. Procedimentos e ferramentas aplicados aos estudos bibliométricos. Informação e Sociedade: Estudos, v.20, n.2, p.65-75. 2010. Disponível em: < http://www.ies.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/4817/4358>. Acesso em: 18 jul. 2015.

VIOTTI, E. B.; MACEDO, M. M. (Orgs.). Indicadores de ciência, tecnologia e inovação no Brasil. Campinas: Unicamp, 2003.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PROPESQ PROPESQ PROPESQ   PROPESQ   PROPESQPROPESQ             PROPESQ