A formação da República no Rio Grande do Sul na versão de um federalista

Francisco das Neves Alves

Resumo


A gênese da forma de governo republicana no Rio Grande do Sul foi caracterizada pelos confrontos políticos, ideológicos e militares entre as forças castilhistas e anticastilhistas, traduzidos na Revolução Federalista, gerando-se, a partir desta, uma série de interpretações diferentes e divergentes quanto aos acontecimentos que marcaram esse período. Em geral vinculados a um dos lados do conflito, durante grande parte da República Velha, os autores produziram uma história marcada pelos partidarismo e pela paixão política. O presente trabalho intenta estabelecer um estudo de caso sobre uma dessas interpretações, analisando a visão de um federalista a respeito da formação da República no contexto sul-rio-grandense, expressa na obra de Wenceslau Escobar, elemento com participação efetiva nos eventos que marcaram o processo de fermentação, eclosão, desenvolvimento e seqüelas da Guerra Civil de 1893.

Palavras-chave


Rio Grande do Sul; história e historiografia; Revolução Federalista; Wenceslau Escobar.

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 BIBLOS



PROPESQ PROPESQ  PROPESQ  PROPESQ PROPESQ  PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ 

Flag Counter