Práticas e táticas: Michel de Certau (re) inventa o cotidiano

Autores

  • Benito Bisso Schmidt

Palavras-chave:

Michel de Certeau, Nova História, Cotidiano.

Resumo

Neste artigo analizarei a contribuição do historiador Michel de Certeau para o estudo da história do cotidiano a partir de sua obra L'invention du quotidien, de 1980. Abordarei as seguintes questões: a forma de resgate analítico do cotidiano, a lógica das práticas do dia-a-dia, o estatuto epistemológico da linguagem comum e a dimensão política da vida cotidiana. Tentarei também situar as balizas epistemológicas norteadoras da obra desse autor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Benito Bisso Schmidt

Professor do Departamento de Biblioteconomia e História da FURG.

Mais informações: Currículo Lattes

Publicado

2007-12-03

Como Citar

Schmidt, B. B. (2007). Práticas e táticas: Michel de Certau (re) inventa o cotidiano. BIBLOS, 6, 79–93. Recuperado de https://periodicos.furg.br/biblos/article/view/337

Edição

Seção

Artigos