Conviver o momento da transição: Universidade Federal de Santa Catarina – sem papel

Autores

  • Eliana Maria dos Santos Bahia
  • Ursula Blattmann

Palavras-chave:

Universidade Federal de Santa Catarina, Preservação digital. Políticas de preservação, Gestão de documentos.

Resumo

O estudo discute o projeto “UFSC sem papel” desenvolvido pela Superintendência de Governança Eletrônica e Tecnologia e da Informação e Comunicação. O objetivo da implantação do respectivo projeto aponta a mudança de suporte físico para o digital do sistema digital de gestão integrada, implantado na Universidade Federal de Santa Catarina em 18 de outubro de 2010. Pesquisa exploratória, descritiva e documental. Entre os resultados destacam-se 29.412 processos efetuados em 2011 e 758 pessoas capacitadas. As conclusões indicam a necessidade de estudar aspectos da preservação documental, técnicas e instrumentos gestão, aplicar o planejamento e ações nos procedimentos administrativos (tarefas e atividades) e inserir a presença de atuação profissional do arquivista. A preservação documental visa garantir o acesso e a autenticidade, agilidade, fidedignidade dos documentos e a capacidade de interoperabilidade dos sistemas para atender a comunidade universitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliana Maria dos Santos Bahia

Professora do Curso de Biblioteconomia do Centro de Educação da UFSC; Mestre em História; coordenadora e professora do curso de Arquivologia da UFSC.

Ursula Blattmann

Professora na Universidade Federal de Santa Catarina. Sub-coordenadora do Curso de Graduação em Arquivologia na UFSC.

Downloads

Publicado

2012-08-14

Como Citar

Bahia, E. M. dos S., & Blattmann, U. (2012). Conviver o momento da transição: Universidade Federal de Santa Catarina – sem papel. BIBLOS, 25(2), 57–74. Recuperado de https://periodicos.furg.br/biblos/article/view/2683

Edição

Seção

Artigos