Bibliotecas universitárias brasileiras e os produtos e serviços ofertados durante a pandemia covid-19

análise da produção científica disponibilizadas no Google Acadêmico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14295/biblos.v36i1.14197

Palavras-chave:

Bibliotecas universitárias, COVID-19, Produtos e Serviços

Resumo

No ano de 2020, com a chegada da pandemia COVID 19, modificou-se o cotidiano da sociedade mundial. Os governos, em sua maioria, fecharam suas fronteiras e adotaram medidas de quarentena com o objetivo de conter a doença, no Brasil não foi diferente. Com a mudança brusca de cenário, se tornou necessário que os bibliotecários traçassem planos para gerenciar as bibliotecas universitárias, criando diretrizes para o melhor funcionamento do local e alterando a disponibilização de seus produtos e serviços. Nesse sentido, esse trabalho tem como objetivo conhecer a produção científica sobre os produtos e serviços das bibliotecas universitárias em tempos de pandemia COVID-19, discutindo e analisando os artigos recuperados na base de dados Google Acadêmico, através de uma revisão sistemática de literatura. Para realizar a pesquisa, foram utilizados os descritores relacionados diretamente com os objetivos da pesquisa “Bibliotecas universitárias and Pandemia and Serviços and Produtos”, além de aplicar os filtros de data (2020 e 2021) e idioma (português). Desta forma, foram 993 trabalhos recuperados e avaliados e, de acordo com uma análise minuciosa onde foram lidos os resumos, introdução e conclusão, desses trabalhos selecionou-se 19 (dezenove) artigos relevantes que preenchiam os critérios pré-estabelecidos. Destarte, observa-se que a tecnologia foi essencial para disseminar a informação, ajudando as bibliotecas a manter contato com seus usuários e atendendo suas necessidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabrielli da Rosa Furtado, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

Graduada em Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

Maria Helena Machado de Moraes, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

Doutora da em Educação em Ciências - PPGEC/FURG. Docente  do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio Grande - FURG. 

Referências

ALCÂNTARA, Francisca Lunara Cunha; BERNARDINO, Maria Cleide Rodrigues. O papel da biblioteca universitária como mediadora no processo de ensino-aprendizagem nas bibliotecas universitárias na cidade de Juazeiro do Norte-CE. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 3, n. 2, p. 1-10, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/moci/article/view/17474. Acesso em: 20 ago. 2021.

ALMEIDA, M. C. B. Planejamento de bibliotecas e serviços de informação. 2. Ed Brasília, DF: Lemos Informação e Comunicação, 2005. Disponível em: https://bds.unb.br/handle/123456789/234. Acesso em: 20 ago. 2021.

AMARAL, Sueli Angelica; GUIMARÃES, Tatiara Paranhos. Websites de unidades de informação como ferramentas de comunicação com seus públicos. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 13, n. 26, p. 1-16, 2008. Disponível em: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2008v13n26p147. Acesso em: 27 jun. 2021.

ANZOLIN, Heloisa Helena; CORRÊA, Rosa Lydia Teixeira. Biblioteca universitária como mediadora na produção de conhecimento. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 8, n. 25, p. 801-817, 2008. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/3802/3709#. Acesso em: 01 set. 2021.

ARAÚJO, Débora Kraemer de; SELBACH, Clarissa Jesinska; SILVEIRA, Ednei de Freitas. Práticas inovadoras na Biblioteca Central Irmão José Otão da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul diante do cenário da COVID-19. Revista Informação & Universidade, São Paulo, v. 2, p. 1-19, 2020. Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/32. Acesso em: 13 ago. 2021.

BAPTISTA, Michele Marques; GONÇALVES, Márcia Servi. Biblioteca universitária em meio à pandemia da COVID-19. Revista Informação & Universidade, São Paulo, v.2, n. esp., p. 1-25, 2020. Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/36. Acesso em: 9 set. 2021.

BRASIL. Lei n° 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus responsável pelo surto de 2019. Brasília, 2020. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019- 2022/2020/lei/l13979.htm. Acesso em 13 ago. 2021.

BRASIL. Ministério de Minas e Energia. Protocolo de enfrentamento à pandemia de COVID-19: Rede Ametista de Bibliotecas. Organização de Roberta Pereira da Silva de Paula et al. Rio de Janeiro, 2020. Disponível em: http://dspace.cprm.gov.br/jspui/bitstream/doc/21730/1/protocolo_enfrentamento_covid-19_rede_ametista_v.2.pdf. Acesso em: 1 set. 2021.

BRENTAN JUNIOR, E. C. Atuação informacional bibliotecária durante a pandemia da COVID-19: o caso da Biblioteca Faculdade Senac Maringá (Senac Paraná). Senac. DOC: revista de informação e conhecimento, Rio de Janeiro, v. 6, n. esp., p. 5–22, 2021. Disponível em: https://www.senacdoc.senac.br/doc/article/view/79. Acesso em: 18 jan. 2022.

BORGES, M. E. N. O essencial para a gestão de serviços e produtos de informação. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 5, n. 2, p. 115–128, 2008. DOI: 10.20396/rdbci.v5i. 2007. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/2007. Acesso em: 9 dez. 2021.

CHAVES, Ítalo Teixeira; CAVALCANTE, Luciano Pereira dos Santos; GUERRA, Maria Áurea. Biblioteca Universitária e Pandemia de COVID-19: relato de atuação na Universidade Federal do Ceará. Revista Fontes Documentais, Aracaju, v. 4, n. 2, p.19-35, 2021. Disponível em: https://repositorio.ufc.br/handle/riufc/61722. Acesso em: 18 ago. 2021.

COMISSÃO BRASILEIRA DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS. Recomendações da Comissão Brasileira de Bibliotecas -CBBU para elaboração de planejamento de reabertura das bibliotecas. 2020. Disponível em: http://www.febab.org.br/cbbu/wp-content/uploads/2020/05/Recomenda%C3%A7%C3%B5es-14-de-maio-1.pdf. Acesso 30 ago. 2021.

CUNHA, Murilo Bastos da. Construindo o futuro: a biblioteca universitária brasileira em 2010. Ciência da Informação, Brasília, v. 29, n. 1, p. 71-89, jan./abr. 2000. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/901. Acesso em: 20 ago. 2021.

CUNHA, Murilo Bastos da. Para saber mais: fontes de informação em ciência e tecnologia. Brasília: Briquet de Lemos, 2001. 168 p. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/34690. Acesso em: 25 ago. 2021.

CUNHA, M. B. A biblioteca universitária na encruzilhada. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v. 11, n. 6, 2010. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/7266. Acesso em: 20 ago. 2021.

FIOCRUZ. Quanto tempo o coronavírus permanece ativo em diferentes superfícies?. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/pergunta/quanto-tempo-o-coronavirus-permanece-ativo-em-diferentes-superficies. Acesso em: 1 set. 2021.

FONSECA, Diego de Souza. O streaming e a virtualização dos serviços de informação: uma análise sobre a adaptação das bibliotecas frente à pandemia de Covid-19. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Santa Catarina, v. 26, n. 1, p. 4, 2021. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=8001445. Acesso em: 18 ago. 2021.

GASPARINI, Zoraide Aparecida; CASONI, Clarice Luzia; ALCARÁ, Adriana Rosecler. Ações das bibliotecas universitárias de Londrina na pandemia Covid-19 e sua contribuição para a competência em informação. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 17, n. esp., p. 1-20, 2021. Disponível em: https://febab.emnuvens.com.br/rbbd/article/view/1649.Acesso em: 18 ago. 2021.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e Técnicas de pesquisa social. São Paulo: Editora Atlas, 1999.

GIL, Antonio Carlos et al. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GIL, António Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa social, 2008. Disponível em: https://ayanrafael.files.wordpress.com/2011/08/gil-a-c-mc3a9todos-e-tc3a9cnicas-de-pesquisa-social.pdf. Acesso em: 13 ago. 2021.

IFLA. A COVID-19 e o Setor de bibliotecas em termos mundiais. Tradução de Lívia Aguiar Salomão e revisão de Miguel Araújo de Matos. Brasília: Senado, 2020. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/handle/id/571649. Acesso em: 06 ago. 2021.

JESUS, Deise Lourenço de; CUNHA, Murilo Bastos da. Produtos e serviços da web 2.0 no setor de referência das bibliotecas. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 17, n. 1, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pci/a/bXmyzxwmpFrHgGRZGm94mqw/?format=pdf&lang=pt. Acesso em 20 ago. 2021.

KERN, Lucas Martins. A biblioteca universitária e a pandemia do novo coronavírus. Revista Informação & Universidade, São Paulo, v. 2, n. esp., 2020. Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/30. Acesso: 10 ago. 2021.

LUBISCO, Nídia. Relatório de pesquisa: bibliotecas universitárias, seus serviços e produtos-transposição de um modelo teórico de avaliação para um instrumento operacional. Ponto de Acesso, Salvador, v. 8, n. 3, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/12834. Acesso em: 1 set. 2021.

MARTINS, Ana Cláudia Magnus. Quanto tempo o vírus que causa a COVID-19 sobrevive em superfícies? Tele saúde, Rio Grande do Sul: UFRGS, 10 mar. 2020. Disponível em: https://www.ufrgs.br/telessauders/posts_coronavirus/quanto-tempo-ovirus-que-causa-o-covid-19-sobrevive-em-superficies/. Acesso em: 29 ago. 2021.

MARTINS, Maria de Fátima. Estudo de revisão de literatura. 2018.Disponível em: https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/29213/2/Estudos_revisao.pdf. Acesso em: 24 jun. 2021.

MARTINS, Wilson. A palavra escrita: história do livro, da imprensa e da biblioteca. 3 ed. São Paulo: Ática, 2002.

NASCIMENTO, Ana Beatriz de Araújo Silva; DE SOUZA, Alba Rejane Valério; DA SILVA, Pedro Manoel. Desafios e enfrentamentos em tempos de pandemia. Revista Informação & Universidade, São Paulo, v. 2, n. esp., p. 1-12, 2020. Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/39/28. Acesso em: 24 jun. 2021.

NICOLINO, Maria Elisa Pickler; MENDONÇA, Janaína Guerrero. Criatividade e inovação da Biblioteca da FFC no contexto da pandemia. Revista Informação & Universidade, São Paulo, v. 2, n. esp., p. 1-14, 2020. Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/40. Acesso em 11 ago. 2021.

NUNES, Martha Suzana Cabral; CARVALHO; Kátia de Carvalho. As bibliotecas universitárias em perspectiva histórica: a caminho do desenvolvimento durável. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 21, n. 1, p. 173-193, jan./mar, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-5344/2572. Acesso em 11 jun. 2021.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Transmissão de SARS-CoV-2: implicações para precauções de prevenção de infecções: resumo científico, 09 de jul. de 2020. OSM. Disponível em: https://apps.who.int/iris/handle/10665/333114. Acesso em: 21 ago. 2021.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. Folha informativa sobre COVID-19. Disponível em: https://www.paho.org/pt/covid19. Acesso em: 20 ago. 2021.

PAULA, R. S. de L.; SILVA, E. da.; WOIDA, L. M. A inovação nas bibliotecas universitárias em tempo de pandemia da região norte do Brasil. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 18, n. 00, p. 02-17, 2020. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8661184. Acesso em: 1 set. 2021.

RIBEIRO, Rejane Maria Rosa. Orientações para elaboração de protocolo de reabertura de bibliotecas em tempos de pandemia. Revista Informação & Universidade, São Paulo, v. 2, n. esp., p. 2-17, 2020. Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/28/39. Acesso em: 20 ago. 2021.

RIOS, Fernanda Reginaldo, et al. A realização do estágio supervisionado em Biblioteconomia no contexto do trabalho remoto em tempos de pandemia. Revista Informação & Universidade, São Paulo, v. 2, n. esp., p. 1-14, 2020. Disponível: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/31. Acesso em: 09 ago. 2021.

SALA, Fabiana et al. Bibliotecas universitárias em um cenário de crise mediação da informação por meio das redes sociais durante a pandemia de COVID-19. Informação em pauta, Fortaleza v. 5, n. 1, p. 11-32, 2020.Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/informacaoempauta/article/view/43933. Acesso em: 30 ago. 2021.

SANTA CATARINA. Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina. O novo coronavírus. 2020. Disponível em: https://www.saude.sc.gov.br/coronavirus/doenca.html. Acesso em: 13 ago. 2021.

SANTA ANNA, Jorge. A oferta diversificada de produtos e serviços bibliotecários na contemporaneidade: a biblioteca híbrida em evidência. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 11, n. esp., p. 275-294, 2015. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/510. Acesso em: 30 ago. 2021.

SANTOS, Ana Rosa dos; ANDRADE, Marcos Vinícius Mendonça. Padrões espaciais em bibliotecas universitárias no contexto da sociedade do conhecimento: revendo para adequar. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 15., 2008. São Paulo. Anais eletrônicos... São Paulo: UNICAMP, 2010. Disponível em: http://repositorio.febab.org.br/items/show/4254. Acesso em: 20 ago. 2021.

SANTOS, Cibele Araújo dos. A organização e representação do conhecimento na pandemia de Covid-19. Revista Fontes Documentais, Aracaju, v. 3, p. 75-85, 2020. Disponível em: https://aplicacoes.ifs.edu.br/periodicos/index.php/fontesdocumentais/article/view/649/498. Acesso em: 20 ago. 2021.

SANTOS, J. C. G. O procedimento de reabertura das bibliotecas após a quarentena: uma compilação das medidas de prevenção contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 10, n. esp., 2020. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/moci/article/view/20310. Acesso em: 1 set. 2021.

SANTOS, Josiel Machado. O Processo Evolutivo das Bibliotecas da Antiguidade ao Renascimento. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v.8, n.2, p. 175-189, jul./dez. 2012. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/viewFile/237/235. Acesso em: 20 ago. 2021.

SANTOS, Karina Barbosa dos. O bibliotecário mediador e os desafios para a competência em informação diante da covid-19: o caso de uma biblioteca universitária especializada em saúde. Revista Bibliomar, São Luís, v. 20, n. 2, p. 224-239. Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/bibliomar/article/view/16782. Acesso em: 18 ago. 2021.

SANTOS, Raquel do Rosário. Espaço virtual e a comunicação com os usuários para a mediação da informação: utilização pelas bibliotecas das universidades federais e estaduais brasileiras. 2012. 248f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal da Bahia, Instituto de Ciência da Informação, Salvador. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/7833. Acesso em: 17 ago. 2021.

SARTORI, Salete Maria et al. A reinvenção dos serviços da Biblioteca Central Irmão José Otão em tempos de pandemia da Covid-19. Revista Informação & Universidade, São Paulo, v. 2, p. 1-14, n. esp., 2020.Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/34. Acesso em: 11 de ago. 2021.

SILVA, Fábio Castagna da et al. Isolamento social e a velocidade de casos de covid-19: medida de prevenção da transmissão. Revista Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, v. 42, n. esp., 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200238. Acesso em: 11 de ago. 2021.

SOUSA, Maria de Fátima da Conceição. A biblioteca e o bibliotecário na era antiga, na idade média e na atualidade. 2017. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Biblioteconomia, Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/96. Acesso em: 30 ago. 2021.

SOUZA, Thiago Lima et al. Bibliotecas sem paredes: relatos de experiências no acesso à informação e ferramentas de ensino-aprendizagem na Universidade Tiradentes - UNIT diante da COVID-19. Revista Informação & Universidade, São Paulo, v. 2, n. esp., p. 1-10, 2020. Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/38. Acesso em:30 ago. 2021.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Sistema de bibliotecas. Diretrizes para o funcionamento das Bibliotecas da USP no período pós-quarentena da pandemia de COVID-19. São Paulo, 21 abr. 2020. Disponível em: https://bit.ly/DiretrizesBibUSP-v1. Acesso em: 27 ago 2020.

VIANNA, Michelangelo. A informação e a biblioteca universitária. 2013. Disponível em: https://www.slideshare.net/miquemv/ss-a-informao-e-a-biblioteca-universitria. Acesso em: 27 abr. 2022.

VICARI, Sabrina Rosa; SELBACH, Clarissa Jesinska; MAGNUS, Ana Paula Medeiros. A importância da comunicação durante a pandemia COVID-19 relato de caso nos canais de comunicação da Biblioteca Central Irmão José Otão da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Revista Informação & Universidade, São Paulo, v. 2, n. esp., p. 1-17, 2020. Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/33. Acesso em: 09 set. 2021.

WELLICHAN, Danielle Da Silva Pinheiro; ROCHA, Edneia Silva Santos. As bibliotecas diante de uma pandemia: atuação e planejamento devido a COVID-19. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 25, n. 3, p. 493-508, 2020. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1700. Acesso em: 09 de ago. 2021.

Downloads

Publicado

2022-09-12

Como Citar

Furtado, G. da R., & Moraes, M. H. M. de . (2022). Bibliotecas universitárias brasileiras e os produtos e serviços ofertados durante a pandemia covid-19: análise da produção científica disponibilizadas no Google Acadêmico. BIBLOS, 36(1). https://doi.org/10.14295/biblos.v36i1.14197