A interpretação da “História total” no pensamento de Fernand Paul Braudel entre 1949 e 1958

Diogo da Silva Roiz

Resumo


Este artigo aborda o estudo do que foi a “História total” no pensamento de Fernand Braudel, entre 1949 e 1958, com o objetivo de apreender qual o espaço e o tempo que circunscreveriam aquela História. Levanta-se a hipótese de que no período de 1935/7 a 1958, Braudel passou do debate intenso com a historiografia francesa das primeiras décadas do século XX, para as “ciências sociais”, à medida que desenvolvia uma abordagem geo-histórica para o estudo do passado, e a reformulou como um “projeto político” e “intelectual”, para flexibilizar a metodologia da antropologia estrutural, por meio do conceito de “estrutura”, para a História produzida na década de 1950.

Palavras-chave


Fernand Braudel; história total; temporalidades; história intelectual

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PROPESQ PROPESQ PROPESQ   PROPESQ   PROPESQPROPESQ             PROPESQ

 

 

PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ