Satisfação dos Usuários em relação aos serviços das Bibliotecas da UFPEL

Autores

  • Fabiano Domingues Malheiro Universidade Federal de Pelotas (UFPel) https://orcid.org/0000-0002-3330-7151
  • Fernanda Kieling Pedrazzi Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

DOI:

https://doi.org/10.14295/biblos.v36i1.12322

Palavras-chave:

Satisfação de usuários, libqual, Bibliotecas Universitárias, Estudo de usuário

Resumo

Esse estudo procurou trazer uma alternativa de avaliação dos serviços oferecidos em bibliotecas, principalmente para as universidades públicas. Levando em consideração a opinião dos usuários, procurou-se dar ênfase à satisfação em relação aos serviços prestados. Para coletar os dados, foi utilizada uma adaptação do método libqual que ainda é pouco explorado no Brasil. Sabe-se que a longevidade de uma instituição pública depende muito da importância que a mesma dá aos seus serviços. Com uma comunidade usuária cada dia mais exigente, surge a necessidade de se investigar as percepções acerca dos serviços oferecidos seja em quaisquer ambientes. Nesse trabalho, foi realizado um estudo de caso nas bibliotecas de uma universidade pública. Visto a ausência de uma sistemática de avaliação interna em relação aos serviços oferecidos pelas bibliotecas do Sistema de bibliotecas da Universidade Federal de Pelotas (Sisbi/UFPel), que inclua seus usuários no foco da discussão, buscou-se por meio desse estudo avaliar a satisfação dos mesmos por meio de um questionário on-line. Com base nos resultados dessa pesquisa, foram empregadas técnicas estatísticas para aferir a confiabilidade das informações coletadas. Como principais resultados encontrados foi possível verificar quais foram os serviços mais utilizados, perfil do público que frequenta as bibliotecas, os serviços com maior nível de satisfação e também os com menores níveis. Descobriu-se que a dimensão da pesquisa valor afetivo foi a dimensão que obteve melhores scores de avaliação. Por fim, foram sugeridas melhorias no Sistema de Bibliotecas dessa Universidade e propõe-se novas pesquisas aplicando a mesma sistemática de avaliação para comparações e avanços futuros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiano Domingues Malheiro, Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

Bibliotecário da Biblioteca de Odontologia - Universidade Federal de Pelotas (2011 - atual)

Referências

ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de; SANTOS NETO, João Arlindo dos. Mediação da informação e a Organização do Conhecimento: interrelações. Informação & Informação, Londrina, v. 19, n. 2, p. 98-116, abr. 2014. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/33565. Acesso em: 22 dez. 2019.

BRITO, G. F.; VERGUEIRO, W. Quality evaluation of academic library: the LIBQUAL+® methodology and its perspectives of implementation in Brazil. Brazilian Journal of Information Science, Marília, v. 17, p. 25-44, 2013. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/download/3117/2402/10505. Acesso em: 22 dez. 2019.

COOK, C.; THOMPSON, B. Reliability and validity of Servqual scores used to evaluate perceptions of library service quality. The Journal of Academic Librarianship, Ann Arborv. 26, n. 4, p. 248-258, 2000. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0099133300001142. Acesso em: 12 jul. 2022.

CÓQUERO, Suelen de Mendonça Soares. Avaliação da qualidade de serviços com foco no usuário: estudo de caso em uma biblioteca universitária. Biblionline, João Pessoa, v. 10, n. 2, p. 123-137, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/biblio/article/view/15631. Acesso em: 12 jul. 2022.

ESTELA, Flor de María Silvestre; DA CUNHA, Murilo Bastos. Biblioteca universitária e os indicadores do SINAES: estudo do caso da Universidade de Brasília. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 27, n. 1, p. 175-186, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/32416. Acesso em: 12 jul. 2022.

FERNANDES, Alice Munz et al. Qualidade em serviços: percepção discente baseada no modelo SERVQUAL. Revista Eletrônica Gestão e Serviços, São Bernardo do Campo, v. 8, n. 2, p. 2005-2020, 2017. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/REGS/article/view/7755. Acesso em: 12 jul. 2022.

FURNIVAL, Ariadne Chloe; PINTO, Euzébio Luiz. Avaliação de serviços de bibliotecaspúblicas e escolares: um estudo de caso com utilização do método LIBQUAL+. Brazilian

Journal of Information Science, Marília, v. 10, n. 1, 20-27, 2016. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/5355. Acesso em: 12 jul. 2022.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GROGAN, Denis. A prática do serviço de referência. Brasília: Briquet de Lemos, 1995. 196 p.

LIBQUAL. History of LibQual. c2012a. Disponível em: http://www.libqual.org/about/about_lq/history_lq. Acesso em: 12 jul. 2022.

LOURENÇO, C. D. S.; KNOP, M. F. T. Ensino superior em administração e a percepção da qualidade de serviços: uma aplicação da escala SERVQUAL. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, São Paulo, v. 13, n. 39, p. 219-233, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.7819/rbgn.v13i39.854. Acesso em: 12 jul. 2022.

LOVELOCK, C.; WIRTZ, J. Marketing de serviços: pessoas, tecnologia e resultados. 5. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2001.

MORALES, Miguel et al. Factor structure and psychometric properties of a Spanish version of LibQUAL+™. Performance Measurement and Metrics, Bradford, v. 12, n. 1, p. 23-37, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1108/14678041111124270. Acesso em: 12 jul. 2022.

PASSOS, Ketry Gorete Farias dos et al. Avaliação da qualidade dos serviços em unidades de informação: proposição de uma metodologia. Informação & Informação, Londrina, v. 18, n. 3, p. 154-174, set. 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981. Disponível em: https://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/10236. Acesso em: 12 jul. 2022.

PENA, Mileide Morais et al. O emprego do modelo de qualidade de Parasuraman, Zeithaml e Berry em serviços de saúde. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 47, n. 5, p. 1227-1232, 2013. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0080-623420130000500030. Acesso em: 12 jul. 2022.

ROCHA, Ednéia Silva Santos; SILVA, Márcia Regina da; MAIA, Margareth Barros.Estratégia de marketing em unidades de informação: o uso de ferramentas da web 2.0. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.17, n.2, p.349-364, jul./dez., 2012. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/849. Acesso em: 12 jul. 2022.

ROSEMBERG, D. S.; MIGUEL, M. C.; CARVALHO, S. M. S. D. Qualidade percebida na ótica do usuário: emprego da abordagem teórico-metodológica servqual em um serviço de referência. PontodeAcesso, Salvador, v. 12, n. 2, p. 40–57, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/16740. Acesso em: 12 jul. 2022.

SOARES, Luciana Matias Felício et al. Percepção da qualidade de serviços nas bibliotecas da Universidade Federal de Ouro Preto na perspectiva do usuário. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 20, n. 2, p. 79-99, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-5344/2050. Acesso em: 12 jul. 2022.

Downloads

Publicado

2022-09-12

Como Citar

Malheiro, F. D., & Pedrazzi, F. K. (2022). Satisfação dos Usuários em relação aos serviços das Bibliotecas da UFPEL . BIBLOS, 36(1). https://doi.org/10.14295/biblos.v36i1.12322