BIBLIOTECA NACIONAL DE BRASÍLIA

APONTAMENTOS SOBRE ESCOPO DE ATUAÇÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14295/biblos.v35i1.12034

Palavras-chave:

Biblioteca Nacional de Brasília, Biblioteca Híbrida, Biblioteca Pública

Resumo

Este artigo apresenta a história da Biblioteca Nacional de Brasília (BNB), trazendo o processo de planejamento para uma biblioteca nacional depositária bem como seu efetivo funcionamento ao longo de 11 anos de existência. O trabalho teve como objetivo mostrar o processo de mudança da BNB quanto ao seu perfil, além de entender sua identidade a partir de sua função, atuando tanto como biblioteca híbrida quanto biblioteca pública. Para isso foi realizado um levantamento documental e bibliográfico, com publicações da área, relatórios internos e documentos oficiais. A partir dos dados apresentados nos relatórios foi possível analisar o uso do espaço, serviços e produtos da biblioteca, entendendo o seu público real. Chegou-se a conclusão de que a BNB não atua como uma biblioteca nacional e sim como uma biblioteca pública, atendendo todas as suas funções: educativa, informativa, recreativa e cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Giubertti Guedes Greenhalgh, Universidade de Brasília

Doutorado em andamento em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. Bibliotecária da Gerência de Gestão da Informação da Biblioteca Nacional de Brasília.

Raphael Diego Greenhalgh, Universidade de Brasília

Pós-Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Federal Fluminense. Doutor em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. Bibliotecário do Setor de Obras Raras da Biblioteca Central da Universidade de Brasília.

Elisa Raquel Sousa Oliveira, Universidade de Brasília

Mestrado em andamento em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. Especialização em Letramento Informacional pela Universidade Federal de Goiás. Diretora da Biblioteca Nacional de Brasília.

Referências

ALMEIDA JÚNIOR, O. F. de. Biblioteca pública: avaliação de serviços. Londrina, PR: Universidade Estadual de Maringá, 2003. 288 p.

ANDRADE, A. M. C.; MAGALHÃES, M. H. A. Objetivos e funções da biblioteca pública. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, v. 8, n. 1, 1979.

BIBLIOTECA NACIONAL DE BRASÍLIA. Cronologia BNB: histórico de legislações e publicações oficiais referentes a Biblioteca Nacional de Brasília. Elaborado por Aparecida de Fátima Araújo Moura. Brasília: Biblioteca Nacional de Brasília, 2020a.

BIBLIOTECA NACIONAL DE BRASÍLIA. História da BNB. 2020b. Disponível em: http://www.bnb.df.gov.br/index.php/historia-da-bnb. Acesso em: 3 set. 2020.

BIBLIOTECA NACIONAL DE BRASÍLIA. Relatório de atividades: Biblioteca Nacional de Brasília: 2019. Brasília: Biblioteca Nacional de Brasília, 2020c. 75 p.

BIBLIOTECA NACIONAL DE BRASÍLIA. Secretaria de Cultura do DF oferece novo serviço à população. 26 Jun. 2013. Disponível em: http://www.bnb.df.gov.br/index.php/sala-de-imprensa/item/769-secretaria-de-cultura-do-df-oferece-novo-servi%C3%A7o-%C3%A0-popula%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 28 ago. 2020.

BIBLIOTECA NACIONAL DE BRASÍLIA. Gerência de Atendimento. Relatório Anual de Atividades: Serviço de Atendimento ao Usuário da Biblioteca – 2009/2018. Brasília: Biblioteca Nacional de Brasília, 2019. 21 p.

BIBLIOTECA NACIONAL DE BRASÍLIA. Gerência de Gestão da Informação. Política de Desenvolvimento de Coleções da Biblioteca Nacional de Brasília. 3. ed. Brasília: Biblioteca Nacional de Brasília, 2020d. 25 p.

BIBLIOTECA NACIONAL DE BRASÍLIA. Gerência de Gestão da Informação. Relatório nº 6/2018: relatório anual de atividades. Brasília: Biblioteca Nacional de Brasília, 2018. [2] f.

CÔRTE, A.R. e. Nota técnica. Brasília, 2017. 14 f.

CUNHA, M.B. da; CAVALCANTI, Cordélia Robalinho de Oliveira. Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília: Briquet de Lemos, 2008. xvi, 451 p.

DISTRITO FEDERAL. Lei Complementar nº 934, de 7 de dezembro de 2017. Institui a Lei Orgânica da Cultura dispondo sobre o Sistema de Arte e Cultura do Distrito Federal. Diário Oficial do Distrito Federal, Brasília, DF, n. 234, p. 1-9, 8 dez. 2017.

DISTRITO FEDERAL. Secretaria do Estado de Cultura e Economia Criativa. Perguntas e respostas: LOC. 2018. Disponível em: http://www.cultura.df.gov.br/wp-conteudo/uploads/2018/01/Perguntaserespostas-LOC.pdf. Acesso em: 30 ago. 2020.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS; KOONTZ, Christie; GUBBIN, Barbara (Coord.). Diretrizes da IFLA para bibliotecas públicas. Brasília: Briquet de Lemos/Livros, 2012. 162 p.

MIRANDA, A. Biblioteca Nacional de Brasília do pesadelo ao sonho. In: CUEVAS CERVERÓ, Aurora; SIMEÃO, Elmira (Org.). Biblioteca Nacional de Brasília: pesquisa e inovação. Brasília: Thesaurus, 2011. p. 23-28

MIRANDA, A. et al. Política de acervamento da Brasiliana na Biblioteca Nacional de Brasília: projeto para discussão. In: In: CUEVAS CERVERÓ, Aurora; SIMEÃO, Elmira (Org.). Biblioteca Nacional de Brasília: pesquisa e inovação. Brasília: Thesaurus, 2011. p. 125-147.

MIRANDA, A.; LEITE, C.; SUAIDEN, E. A biblioteca híbrida na estratégia da inclusão digital na Biblioteca Nacional de Brasília. In: CUEVAS CERVERÓ, Aurora; SIMEÃO, Elmira (Org.). Biblioteca Nacional de Brasília: pesquisa e inovação. Brasília: Thesaurus, 2011. p. 29-44.

MOURA, A. de F.S. et al. Serviços ao público e atendimento ao usuário na Biblioteca Nacional de Brasília, período de 2009 a 2011. In: In: CUEVAS CERVERÓ, Aurora; SIMEÃO, Elmira (Org.). Biblioteca Nacional de Brasília: pesquisa e inovação. Brasília: Thesaurus, 2011. p. 223-240.

NIEMEYER, O. Conjunto Cultural de Brasília. 1986. Disponível em: http://niemeyer.org.br/obra/pro202. Acesso em: 25 ago. 2020.

SILVEIRA, F. J. N. da; REIS, A. S. dos. Biblioteca pública como lugar de práticas culturais: uma discussão sócio-histórica. Informação & Sociedade: Estudos, v. 21, n. 1, 10 abr. 2011.

UNESCO. Projeto 914BRZ4020: Fortalecimento e Modernização das Políticas Públicas de Cultura no DF. Produto 5: Documento Técnico. Consultor Nichollas de Miranda Alem. Brasília: Secretaria do Estado de Cultura, 2018. 168 p.

Downloads

Publicado

2021-07-27

Como Citar

Greenhalgh, M. G. G., Greenhalgh, R. D., & Oliveira, E. R. S. (2021). BIBLIOTECA NACIONAL DE BRASÍLIA: APONTAMENTOS SOBRE ESCOPO DE ATUAÇÃO. BIBLOS, 35(1). https://doi.org/10.14295/biblos.v35i1.12034

Edição

Seção

Artigos