DESINFORMAÇÃO, PÓS-VERDADE E COMPORTAMENTO HUMANO

discussões plausíveis

Autores

  • José Carlos Sales dos Santos Universidade Federal da Bahia http://orcid.org/0000-0003-1758-3639
  • Vagner Marcelo Ramos Santos Universidade Federal da Bahia
  • Fabiana Costa Lavigne Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.14295/biblos.v34i2.11368

Palavras-chave:

Desinformação. Pós-Verdade. Notícias Falsas (Fake News). Comportamento Informacional de Usuários.

Resumo

A desinformação, pós-verdade e comportamento informacional de usuários despontam-se como temáticas emergentes da Ciência da Informação, mas carecem de estudos e pesquisas que concatenem os mencionados assuntos conjuntamente. A desinformação reserva conteúdos orientados a convencer a opinião pública a determinadas notícias falsas, visando sempre vantagens particulares. Encontra-se, perante a disseminação intensa de conteúdos em fontes de informação, o comportamento de usuários/leitores inscrito em novos cenários e desafios informacionais. Considerando as premissas introdutórias, o objetivo do presente artigo procurou analisar como os processos da desinformação podem repercutir nas práticas relacionadas ao comportamento informacional de usuários/leitores. Para cumprir o objetivo balizador do paper, os autores discorreram acerca de conceitos relativos à desinformação e ao processo de compartilhamento de notícias falsas em meios de comunicação tradicionais e digitais, com destaque às redes sociais, assim como a relevância de profissionais da informação na orientação de usuários e no acesso a informações factuais. As considerações finais evidenciaram que usuários/leitores, e os citados profissionais da informação, precisam considerar e compreender os desafios impostos pela disseminação ostensiva de notícias falsas, que repercute negativamente nas práticas intrínsecas ao comportamento informacional de indivíduos em tela.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Carlos Sales dos Santos, Universidade Federal da Bahia

Poeta, músico, escritor e professor adjunto (dedicação exclusiva), lotado no Departamento de Documentação e Informação (DDI) do Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia (ICI/UFBA). Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFBA). Doutor e Mestre em Ciência da Informação do PPGCI/UFBA (bolsista FAPESB); Pós-Graduado em Gestão da Comunicação Organizacional Integrada pelo Núcleo de Pós-Graduação em Administração (NPGA/EAUFBA) e Graduado em Biblioteconomia e Documentação pelo Instituto de Ciência da Informação (ICI/UFBA). Lidera o Grupo de Pesquisa em Competência e Comportamento: Processos de Produção, Inovação e Comunicação da Informação (COMPORTI) e coordena o Laboratório de Práticas em Psicologia Cognitiva e Comportamento Informacional da Usuários (LA-PCIU). Membro do Colegiado do PPGCI (2019-2021). Suplente do Conselho Acadêmico de Pesquisa e Extensão (CAPEX/UFBA). Desenvolve pesquisas relacionadas ao: 'comportamento informacional', 'necessidades de Informação' 'psicologia do comportamento', 'informação e psicologia', 'mediação e circulação da informação' e 'apropriação da informação'.

Vagner Marcelo Ramos Santos, Universidade Federal da Bahia

Mestrando em Ciência da Informação, Instituto de Ciência da Informação da Universdade Federal da Bahia.

Fabiana Costa Lavigne, Universidade Federal da Bahia

Mestranda em Ciência da Informação, Instituto de Ciência da Informação da Universdade Federal da Bahia.

Referências

ALLCOTT, Hunt; GENTZKOW, Matthew. Social media and fake news in the 2016 election. Journal of Economic Perspectives, v. 31, n. 2, p. 211-236, 2017. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2018.

ASHARQ AL-AWSAT. Iran's Coronavirus Death Toll Rises to 291. Disponível em: <https://aawsat.com/english/home/article/2173001/irans-coronavirus-death-toll-rises-291>. Acesso em: 05 abr. 2020.

BRASIL. Projeto de Lei n° 6.812/2017. 2017. Disponível em: <https://www.camara.gov.br/>. Acesso em: 07 abr. 2020.

BRASIL. Projeto de Lei n° 9.533/2018. 2018. Disponível em: <https://www.camara.gov.br/>. Acesso em: 07 abr. 2020.

CANABARRO, Diego. Para além das “fake news”: os componentes da chamada “desordem informacional”. Disponível em: <https://observatoriodainternet.br/post/para-alem-das-fake-news-os-componentes-da-chamada-desordem-informacional>. Acesso em: 05 abr. 2020.

CERIGATTO, M. P. Diálogos possíveis entre competências informacional e midiática: revisão da literatura e posicionamento de instituições da área. 2018. 264 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2018.

CORRÊA, Elisa Cristina Delfini; CUSTODIO, Marcela Gaspar. A informação enfurecida e a missão do bibliotecário em tempos de pós-verdade: uma releitura com base em ortega y gasset. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 abr 2020.

DELMAZO, Caroline; VALENTE, Jonas C.L.. Fake news nas redes sociais online: propagação e reações à desinformação em busca de cliques. Media & Jornalismo, Lisboa , v. 18, n. 32, p. 155-169, abr. 2018 . Disponível em <http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2183-54622018000100012&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 12 abr. 2020.

DEMO, Pedro. Ambivalências da sociedade da informação. Ciência da Informação., Brasília, D.F., v. 29, n. 2, p. 37-42, maio/ago. 2000. Disponível em: <http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/885>. Acesso em: 05 abr. 2020.

FAUSTINO, André. A liberdade de expressão nas redes sociais na sociedade da informação. 1. ed. Editora: Lura Editorial, 2019.

FERREIRA FILHO, J. B. A verdade sob suspeita: fake news e à conduta epistêmica na política da desinformação. Academia. [S. l.], 2018. Disponível em: https://www.academia.edu/38074713/A_verdade_sob_suspeita_fake_news_e_conduta_epist %C3%AAmica_na_pol%C3%ADtica_da_desinforma%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 10 abr. 2020.

GRAGNANI, Juliana. Pesquisa inédita identifica grupos de família como principal vetor de notícias falsas no WhatsApp. BBC Brasil. Londres, 20 abr. 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2020.

KALIL, Isabela; SANTINI, R. Marie. Coronavírus, pandemia, infodemia e política. Relatório de pesquisa. Divulgado em 01 de abril de 2020. 21p. São Paulo / Rio de Janeiro: FESPSP /

MONTEIRO, Silvana Drumond; FIDENCIO, Marcos Vinicius. As dobras semióticas do ciberespaço: da web visível à invisível. Transinformação, Campinas , v. 25, n. 1, p. 35-46, Apr. 2013 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-37862013000100004&lng=en&nrm=iso>. access on 13 Apr. 2020. https://doi.org/10.1590/S0103-37862013000100004.

MORAES, Isabela; MERELES, Carla. Notícias falsas e pós-verdade: o mundo das fake news e da (des)informação. Disponível em https://www.politize.com.br/noticias-falsas-pos-verdade/

OLIVEIRA, M. L. P.; SOUZA, E. D. A competência crítica em informação no contexto das fake news: os desafios do sujeito informacional no ciberespaço. Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, n. XIX ENANCIB, 2018. Disponível em: <http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/102566>. Acesso em: 13 abr. 2020.

OXFORD UNIVERSITY PRESS. Word of the year 2016 is....2017. Disponível em: <https://en.oxforddictionaries.com/word-of-the-year/word-of-the-year-2016>. Acesso em: 18 out. 2018.

PINHEIRO, Marta Macedo; BRITO, Vladimir de Paula. Em busca do significado da desinformação. DataGramaZero, ¬ Revista de Informação ¬ v.15 n.6 dez/14. Disponível em: <https://www.brapci.inf.br/index.php/article/download/51758>. Acesso em: 02 abr. 2020.

POSETTI, Julie; MATTHEWS, Alice. A short guide to the history of ’fake news’ and disinformation. Disponível em: <https://www.icfj.org/news/short-guide-history-fake-news-and-disinformation-new-icfj-learning-module>. Acesso em: 04 abr. 2020.

PSAFE. Fake news sobre Coronavírus já atingiu 42,5 milhões de brasileiros. Disponível em: <https://www.psafe.com/pt-br/pesquisas-psafe/>. Acesso em: 07 abr. 2020.

RIPOLL, Leonardo; MORELLI MATOS, José Claudio. Zumbificação da informação: a desinformação e o caos informacional. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 13, p. 2334-2349, dez. 2017. ISSN 1980-6949. Disponível em: <https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/918>. Acesso em: 12 abr. 2020.

SAMPAIO, D. B.; LIMA, I. F.; OLIVEIRA, H. P. C. Estratégias fact-checking no combate à fake news: análises informacional e tecnológica no e-farsas e boatos.org. Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, n. XIX ENANCIB, 2018. Disponível em: <http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/103103>. Acesso em: 13 abr. 2020.

SINTRA, Marta Catarina Dias. Fake News e a Desinformação: perspetivar comportamentos e estratégias informacionais. 2019. Dissertação(Mestrado). Universidade Nova Lisboa, Lisboa, 2019. Disponível em: <https://run.unl.pt/handle/10362/79564>. Acesso em: 03 abr. 2020.

SORJ, Bila. Anti-semitismo na Europa hoje. Novos estud. - CEBRAP , São Paulo, n. 79, p. 97-115, novembro de 2007. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002007000300005&lng=en&nrm=iso>. acesso em 10 de abril de 2020. https://doi.org/10.1590/S0101-33002007000300005 .

STRONGREN, Fernando F. Fake News: um conceito indefinido. Semiótica e transdisciplinaridade em revista, São Paulo, v.10, n.1, p.62-80, Set. 2019. Disponível em: <http://www.semeiosis.com.br/fake-news-um-conceito-indefinido/>. Acesso em: 06 abr. 2020.

TESICH, Steve. A government of lies. The Free Library, Jan.1992. Disponível em: < https://www.thefreelibrary.com/A government of lies.-a011665982>. Acessado em: 23 mar. 2020.

TOBIAS, Mirela Souza; DELFINI CORRÊA, Elisa Cristina. O paradigma social da Ciência da Informação: o fenômeno da pós-verdade e as fake news nas mídias sociais. Revista ACB, [S.l.], v. 24, n. 3, p. 560-579, dez. 2019. ISSN 1414-0594. Disponível em: <https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1529>. Acesso em: 12 abr. 2020. UFRJ. Disponível: <https://www.fespsp.org.br/store/file_source/FESPSP/Documentos/Coronavirus-einfodemia.pdf>. Acesso em: 07 abr. 2020.

VOSOUGHI, Soroush.; ROY, Deb.; ARAL, Sinan. The spread of true and false news online. Science, 359, p.1146–1151, 2018.

WARDLE, Claire; DERAKHSHAN, Hossein. Módulo 2: Reflexão sobre a “desordem de informação”: formatos da informação incorreta, desinformação e má-informação. In:

IRETON, Cherilyn; POSETTI, Julie (Eds.). Jornalismo, fake news e desinformação. Paris: UNESCO, 2019.

WILSON, Thomas Daniel. Human information behavior. Informing Science Research, v.3, n.2, p. 49-55, 2000. Disponível em: < http://www.inform.nu/Articles/Vol3/v3n2p49-56.pdf >. Acesso em: 21 jan. 2020.

_____. On user studies and information needs. Journal of Documentation, v. 31, n. 1, p. 3-15, 1981.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Santos, J. C. S. dos, Santos, V. M. R., & Lavigne, F. C. (2020). DESINFORMAÇÃO, PÓS-VERDADE E COMPORTAMENTO HUMANO: discussões plausíveis. BIBLOS, 34(2). https://doi.org/10.14295/biblos.v34i2.11368