ESTUDO BIBLIOMÉTRICO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE A TEMÁTICA "PRESERVAÇÃO DOCUMENTAL DOS ACERVOS EM BIBLIOTECAS"

Autores

  • Lizandra Veleda Arabidian Universidade La Salle Canoas/RS https://orcid.org/0000-0003-2224-6370
  • Cristina Vargas Cademartori Universidade La Salle Canoas/RS
  • Anelise Beneduzi

DOI:

https://doi.org/10.14295/biblos.v34i1.10950

Palavras-chave:

Produção Científica. Estado do Conhecimento. Bibliometria, Biodeterioração.

Resumo

A evolução da produção científica sobre o tema “preservação documental em bibliotecas” no período de 1991 a 2018, foi avaliada através de um estudo bibliométrico. A preservação dos acervos é um tema relevante, particularmente no que se refere ao suporte em papel e seus respectivos agentes de deterioração nas bibliotecas, uma vez que muitos dos acervos são tratados como patrimônio cultural e testemunhos de memória. Como método, adotou-se a análise de conteúdo e, como campo empírico, a produção científica da área. Os resultados foram obtidos através de uma busca sistemática realizada no Portal de Periódicos da CAPES, seguindo-se o protocolo Prisma. Os descritores utilizados na busca foram library, fungi, microorganism, documentary preservation, microbial environmental monitoring, biodeterioration, collection, bacterium, bem como seus correspondentes em língua portuguesa. Foram obtidos 64 resultados relevantes, filtrados pelo título, resumo e palavras-chave, 62 dos quais compreenderam artigos publicados em 39 periódicos nacionais e internacionais, 1 capítulo de livro e 1 livro. Os termos mais frequentes foram preservação, fungos, biblioteca e biodeterioração. A revista que concentrou o maior número de artigos foi a “International Biodeterioration & Biodegradation”. No recorte temporal analisado, houve um aumento da produção a partir do ano de 2008, com ápice em 2016. Os periódicos internacionais aglutinaram 72% das publicações, em sua maioria, na categoria Qualis B. A busca totalizou, ainda, oito dissertações de mestrado acadêmico e seis trabalhos de mestrado profissionalizante, desenvolvidos em oito instituições de ensino superior, com destaque para a UFSM (cinco dos 14 trabalhos). As áreas de Ciências Sociais e Humanidades, e Ciência da Informação foram as que concentraram o maior número de trabalhos em nível de mestrado, 35,7% e 28,6%, respectivamente. O ano de 2016 também apresentou um número relevante de ocorrências de dissertações sobre o tema. Evidenciou-se um aumento da produção científica sobre a temática de preservação de acervos nos últimos anos e isso, provavelmente, tem contribuído para informar e conscientizar sobre a importância da preservação documental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lizandra Veleda Arabidian, Universidade La Salle Canoas/RS

Bibliotecária da Universidade Federal de Santa Maria - Especialista em Gestão em Arquivos pela UFSM. Mestre em Patrimônio Cultural pela UFSM. Doutoranda pelo Programa de Pós Graduação em Memória Social e Bens Culturais pela Universidade La Salle/Canoas.

Cristina Vargas Cademartori, Universidade La Salle Canoas/RS

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1988), mestrado (1994) e doutorado (2002) em Biociências (Zoologia) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Atualmente, é professora Adjunto II da Universidade La Salle - Unilasalle, docente do PPG em Memória Social e Bens Culturais e do Mestrado em Avaliação de Impactos Ambientais, coordenadora do Laboratório de Conservação e Manejo da Biodiversidade - LabCMBio, e editora da Revista de Ciências Ambientais - RCA. Integrou o Comitê de Ética em Pesquisa de fevereiro de 2008 a agosto de 2011, a Comissão Científica de Pesquisa de outubro de 2002 a janeiro de 2013, o Conselho Editorial da Instituição de 2004 a 2017, e foi Coordenadora Adjunta de Pesquisa de março de 2008 a dezembro de 2009. Tem experiência nas áreas de Zoologia e Ecologia. Desenvolve pesquisas na área de meio ambiente, dedicando-se à temática da conservação da biodiversidade.

Anelise Beneduzi

Possui graduação Bacharelado/Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2000/2003). Mestrado em Microbiologia Agrícola e do Ambiente/UFRGS (2003), Doutorado em Genética e Biologia Molecular/UFRGS (2008) e Pós-doutorado em Microbiologia Agrícola/Depto de Genética/UFRGS. Atualmente é pesquisadora do Laboratório de Microbiologia Agrícola do Departamento de Diagnóstico e Pesquisa Agropecuária (DDPA, ex- FEPAGRO) da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural/RS (SEAPDR), curadora da Coleção SEMIA de Rizóbios, Coordenadora do Programa Institucional PIBIC/PIBIT CNPq-SEAPDR, Representante legal da SEAPDR para o CNPq, Professora de graduação e do PPG Avaliação de Impactos Ambientais da Universidade La Salle. Mãe de uma filha, esteve em licença maternidade em 2015.

Referências

ALVES, Bruno Henrique. Abordagens métricas: análise da produção científica de artigos e rede de colaboração científica dos docentes do programa de pós-graduação em Ciência da Informação, na linha de pesquisa organização da informação da UNESP/Marília. Revista de Iniciação Científica da FFC, v. 9, n. 2, p. 104-115, 2009. Disponível em: http://www2.marilia.unesp.br/ojs-2.4.5/index.php/ric/article/viewFile/248/208. Acesso em: 02 abr. 2018.

ARAÚJO, C. A. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Revista em Questão, Porto Alegre, v. 12, n. 1, p. 11-13, 2006.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 3. ed. Lisboa: Edições 70, 2004.

BUFREM, Leilah; PRATES, Yara. O saber científico registrado e as práticas de mensuração da informação. Ci. Inf., Brasília, v. 34, n. 2, p. 9-25, maio/ago. 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v34n2/28551. Acesso em: 03 abr. 2018.

CASSARES, Norma Cianflone. Como fazer conservação preventiva em arquivos e bibliotecas. São Paulo: Arquivo do Estado e Imprensa Oficial, 2000. Disponível em: http://www.arqsp.org.br/arquivos/oficinas_colecao_como_fazer/cf5.pdf. Acesso em: 09 abr. 2018.

CIRNE, Thiago. Biblioteca Marcos Juruena Villela Souto: considerações sobre coleções especiais jurídicas. Revista do e-gov, 26 mar., 2015. Disponível em:

http://egov.ufsc.br:8080/portal/conteudo/biblioteca-marcos-juruena-villela-souto-

considera%C3%A7%C3%B5es-sobre-cole%C3%A7%C3%B5es-especiais-

jur%C3%ADdicas. Acesso em: 16 ago. 2018.

CONWAY, P. Preservação no universo digital. 2. ed. Rio de Janeiro: Projeto Conservação Preventiva em Bibliotecas e Arquivos: Arquivo Nacional, 2001. Disponível em: http://arqsp.org.br/wp-content/uploads/2017/07/52.pdf. Acesso em: 18 abr. 2018.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES. Disponível em:

http://www.periodicos.capes.gov.br/index.php?option=com_pinstitucional&Itemid=103. Acesso em: 03 abr. 2018.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES. Plataforma Sucupira. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/#. Acesso em: 11 abr. 2018.

FONSECA, Edson Nery da. A bibliografia como ciência: da crítica textual à bibliometria. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, v. 12, n.1⁄2, p. 29-38, jan./jun. 1979. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/article/download/18290. Acesso em: 02 abr. 2018.

HUECK, H. J. The biodeterioration of materials as part of hylobiology. Material und Organismen, n.1, p.5-34, 1965. Disponível em: file:///home/chronos/u-e4a9f2a21f4423ada89bdc9baabc907fe6995d57/Downloads/hueck-1965-hylobiology.pdf. Acesso em: 30 abr. 2019.

MARCHEZAN, Marcos Luiz; PACHECO, Roberto. Pós-graduação: a importância de publicações com Qualis A e B. Publicado no dia 13 de dezembro de 2016 em Pós-graduação, Produtividade técnico-científica. Disponível em: http://site.stelaexperta.com.br/pos-graduacao-a-importancia-de-publicacoes-com-qualis-a-e-b/. Acesso em: 20 abr. 2018.

MOHER, D. et al. Principais itens para relatar revisões sistemáticas e meta-análises: a recomendação Prisma. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 24, n. 2, abr./jun., p. 335-342, 2015.

MUELLER, S. P. M. A ciência, o sistema de comunicação científica e a literatura. In: CAMPELLO, B.S.; CEDÓN, B.V.; KREMER, J. M. (Org). Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000.

PASQUARIELLO, G. et. al. Microbial environmental monitoring in museums: preventive conservation of graphic collections. Conservation Science in Cultural Heritage, v. 14, p. 275-289, 2014. Disponível em: file:///home/chronos/u-

e4a9f2a21f4423ada89bdc9baabc907fe6995d57/Downloads/4750-13123-1-PB.pdf. Acesso em: 01 ago. 2018.

WORDCLOUD GENERATOR. Disponível em: www.wordclouds.com. Acesso em: 20 out. 2018.

Downloads

Publicado

2020-09-15

Como Citar

Arabidian, L. V., Cademartori, C. V., & Beneduzi, A. (2020). ESTUDO BIBLIOMÉTRICO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE A TEMÁTICA "PRESERVAÇÃO DOCUMENTAL DOS ACERVOS EM BIBLIOTECAS". BIBLOS, 34(1), 79–94. https://doi.org/10.14295/biblos.v34i1.10950

Edição

Seção

Artigos