Simulação de ondas oceânicas na costa Sul-Sudeste brasileira para análise do potencial energético

Phelype Haron Oleinik, Wiliam Correa Marques, Eduardo de Paula Kirinus

Resumo


Com o desenvolvimento tecnológico e o aumento da população mundial
existe grande demanda de energia que pode ser suprida de forma renovável. Uma forma de transformação desta forma de energia é pela conversão da energia cinética das ondas oceânicas em energia elétrica. Para obter um bom retorno da implantação destes conversores de energia se faz necessário a utilização de modelos numéricos, que simulam o estado do mar e permitam a obtenção da previsão do potencial energético. No presente trabalho o modelo TOMAWAC foi utilizado para simular ondas na plataforma continental Sul-Sudeste brasileira, que foram avaliadas em busca de locais de alto potencial energético. A simulação foi realizada entre janeiro e dezembro de 2006 e os resultados indicam que na região costeira valores médios de 1,25 m de altura de onda podem ser observados. O período médio das ondas varia entre 7,5 e 9 s para toda a região e a direção média indica a dominância de ondas que vem de sudeste alcançando a zona costeira. A região costeira mostra valores médios para o potencial energético entre 10 e 20 kW/m e os maiores valores médios são observados na Bacia de Santos, alcançando 25 kW/m nas proximidades de Ilhabela.

Palavras-chave


Conversão de Energia de Ondas; Modelo matemático; Tomawac

Texto completo:

PDF


Vetor, ISSN Impresso: 0102-7352, E-ISSN: 2358-3452, Rio Grande - RS. Brasil.