Verificação da resistência do concreto “in loco”: métodos de ensaios mais usuais

Hercilio Macena Maia, Adriel Shumacher Fernandes

Resumo


A resistência à compressão do concreto é o principal parâmetro característico físico deste, torna-se uma necessidade importante para qualquer estrutura de concreto. No Brasil, os ensaios devidamente regulamentados pela ABNT para este fim são o Ensaio de compressão de corpos de prova, Extração de testemunho, Esclerometria e o Ensaio de Ultrassom. Nesse sentido o presente artigo além de abordar esses ensaios, também aponta a importância de fazer a rastreabilidade no concreto, a fim de manter um controle tecnológico que atenda às necessidades de qualquer tipo de construção, sendo ela, de pequena, médio ou grande porte. Mediante ao auxílio de uma pesquisa de campo descritiva, coletou-se informações sobre várias empresas na cidade de Mossoró-RN, com a finalidade de identificar quais os métodos praticados por essas empresas. Pós-coleta de dados procurou-se realizar um comparativo entre as empresas e consequentemente a elaboração de gráficos para facilitar o entendimento e mostrar o aspecto geral de algumas empresas atuantes na região. Após a análise dos resultados, encontrou-se uma diferença nessa realidade, indicando que nem todas as empresas entrevistadas realizam ensaios complementares em suas estruturas depois de executada.

Palavras-chave


Controle tecnológico; Concreto; Resistência do concreto; Ensaios in loco.

Texto completo:

PDF


Vetor, ISSN Impresso: 0102-7352, E-ISSN: 2358-3452, Rio Grande - RS. Brasil.