Formulação de sobremesas com plasma bovino adsorvido em farelo de arroz

Angélica Marquetotti Salcedo Vieira, Eliana Badiale Furlong, Leonor Almeida de Souza Soares

Resumo


A utilização de subproduto e rejeitos da agroindustria local pode der uma forma alternativa de contribuição para a adequação do valor nutricional de alimentos consumidos rotineiramente pela população. O Rio Grande do Sul, devido a sua grande atividade pecuária e agrícola, dispõe de um grande potencial de rejeitos da agroindustria, tais como plasma bovino e farelo de arroz desengordurado. Por estas considerações, o presente trabalho teve por objetivo avaliar o potencial desses subprodutos como fontes de fibra e proteína, para a formulação de sobremesas a partir de plasma bovino adsorvido a farelo de arroz desengordurado para a alimentação humana, pois os produtos formulados apresentaram elevado conteúdo protéico, boa solubilidade e digestibilidade, características microbiológicas adequadas aos níveis da legislação e aceitabilidade comparável aos similares comerciais.

Palavras-Chave: pudim, farelo de arroz, plasma bovino

Palavras-chave


pudim; farelo de arroz; plasma bovino



Vetor, ISSN Impresso: 0102-7352, E-ISSN: 2358-3452, Rio Grande - RS. Brasil.