Cinética da secagem de cebola na condição estática

Fátima Direme Gomes, Luiz Antonio Almeida Pinto

Resumo


É apresentado um estudo experimental da secagem de cebola (ALLIUM cepa L.) em camada fina. AS corridas de secagem foram realizadas em três temperaturas do ar (40, 50 e 60 °C) e três espessuras de amostra (3, 6 e 9mm). A velocidade do ar foi de 1,0m/s, a fim de se desconsiderar o efeito da resistência externa à umidade. Todas AS curvas de secagem apresentam um período de taxa constante. Os dados experimentais do período de taxa decrescente foram tratados usando-se uma equação empírica da cinética de secagem, onde a constante de secagem K foi função da temperatura do ar e da espessura das amostras, e a energia de ativação para cebola foi calculada assumindo-se uma correlação do tipo Arrhenius.

Palavras-Chave: secagem de cebola, constante de secagem, energia de ativação.



Vetor, ISSN Impresso: 0102-7352, E-ISSN: 2358-3452, Rio Grande - RS. Brasil.