Gestão de Recursos Humanos na Indústria 4.0

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14295/vetor.v31i1.13469

Palavras-chave:

Indústria 4.0, Gestão de Recursos Humanos

Resumo

A Indústria 4.0 é o atual paradigma de desenvolvimento econômico no ponto de vista industrial. Portanto, a Indústria 4.0 deve ser implantada com plena funcionalidade, no que diz respeito a conexões entre sistemas e máquinas inteligentes, levando em consideração a Gestão de Recursos Humanos (GRH) e seus princípios: conhecimentos, habilidades e atitudes. Esta pesquisa tem o objetivo de investigar como a gestão de recursos humanos vem sendo pesquisada dentro do tema Indústria 4.0. Para tanto, foi realizada uma breve revisão bibliográfica sobre o tema na base de dados Web of Science a fim de detectar os principais avanços internacionais e nacionais na Engenharia de Produção. Descobriu-se que a Indústria 4.0 acompanha mudanças no âmbito corporativo, com o surgimento de novas áreas – que não tendem a ser alteradas pela automatização, pelo fato de as competências humanas ainda não conseguirem ser substituídas plenamente pelas máquinas – ligando-se diretamente com a vantagem competitiva de mercado pois, em se tratando de aplicações corretas, notam-se diversos avanços quanto a produção e à satisfação dos trabalhadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Referências

J. B. Sacomano, R. F. Gonçalves, M. T. Silva, S. H. Bonilla, e W. C. Sátyro (org.), Indústria 4.0: conceitos e fundamentos. 1ª ed. São Paulo, Brasil: Edgard Blücher Ltda, 2018.

C. E. Z. Tropia, P. P. Silva, e A. V. C. Dias, “Indústria 4.0: Uma caracterização do sistema de produção,” em XVII Congresso Latino-Iberoamericano de Gestión Tecnologica (ALTEC), 2017.

G. J. Fidelis, e M. R. Banov, Gestão de Recursos Humanos: Tradicional e estratégica, 3ª ed. Saraiva Educação S.A., 2017.

ABDI – Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, 2004.

A. L. J. Munhoz, C. A. Costa, C. H. Ahrens, J. Carvalho, J. R. L. Santos, J. V. L. Silva, J. A. Foggiatto, M. S. F. Lima, e N. Volpato, Manufatura Aditiva: tecnologias e aplicações da impressão 3d, 1ª ed. São Paulo, Brasil: Edgard Blücher Ltda, 2018.

J. Teixeira, O que é inteligência artificial, 3ª ed. São Paulo, Brasil: E-Galáxia, 2019.

E. Magrani, A Internet das Coisas, 1ª ed, Rio de Janeiro, Brasil: FGV Editora, 2018. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/23898/A%20internet%20das%20coisas.pdf?sequence=1&isAllowed=y

F. Oliveira, "Engenharia de Produção," em SIENPRO – Simpósio de Engenharia de Produção, 2017.

S. L. Müller, M. A. Shehadeh, S. Schröder, A. Richert, e S. Jeschke, “An overview of work analysis instruments for hybrid production workplaces,” AI & Society, vol. 33, pp. 425-432, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1007/s00146-017-0757-9

F. Kovaleski, e C. T. Picinin, Gestão de Recursos Humanos: Comparação das Competências Hard Skills e Soft Skills Listadas na Literatura, com a Percepção das Empresas e Especialistas da Indústria 4.0, 1ª ed. Ponta Grossa, Brasil: Aya Editora, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.47573/aya.88580.1.0

T. A. Guimarães, “A nova administração pública e a abordagem da competência,” Revista de Administração Pública, vol. 34, no. 3, 2000. Disponível em: http://www.anpad.org.br/admin/pdf/enanpad2000-adp-454.pdf

M. T. L. Fleury, e A. Fleury, “Construindo o conceito de competência,” Revista de Administração Contemporânea, vol. 5, pp. 183-196, 2001. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1415-65552001000500010

S. Shamim, S. Cang, H. Yu, e Y. Li, “Examining the Feasibilities of Industry 4.0 for the Hospitality Sector with the Lens of Management Practice,” Energies, vol. 10, no. 4, pp. 1-19, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.3390/en10040499

A. C. Gil, Métodos e técnicas de pesquisa social, 6ª ed. São Paulo, Brasil: Editora Atlas, 2008.

E. C. Conforto, D. C. Amaral, e S. L. Silva, “Roteiro para revisão bibliográfica sistemática: aplicação no desenvolvimento de produtos e gerenciamento de projetos,” em 8º Congresso Brasileiro de Gestão de Desenvolvimento do Produto (CBGDP), Porto Alegre, Brasil, 2011.

Z. Whysall, M. Owtram, e S. Brittain, “The new talent management challenges of Industry 4.0,” Journal of Management Development, vol. 38, no. 2, pp. 118-129, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1108/jmd-06- 2018-0181

S. Beechler, e I. C. Woodward, “The global ‘war for talent’,” Journal of International Management, vol. 15, no. 3, pp. 273-285, 2009. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.intman.2009.01.002

N. Dhanpat, Z. P. Buthelezi, M. R. Joe, e T. V. Maphela, “Industry 4.0: the role of human resource professionals,” South African Journal of Human Resource Management, vol. 18, no. 1302, pp. 1-11, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.4102/sajhrm.v18i0.1302

D. Llinas, e J. Abad, “The role of high-performance people management practices in Industry 4.0: the case of medium-sized spanish firms,” Intangible Capital, vol. 15, no. 3, pp. 190-207, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.3926/ic.1485

F. Hecklau, M. Galeitzke, S. Flachs, e H. Kohl, “Holistic approach for human resource management in Industry 4.0,” Procedia CIRP, vol. 54, pp. 1-6, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.procir.2016.05.102

Downloads

Publicado

2021-11-18

Como Citar

Teixeira Bühler, F., Brugnara Mello, K., Luis Braz Medeiros, J., Volcanoglo Biehl, L. ., & Gonçalves de Faria Corrêa, R. . (2021). Gestão de Recursos Humanos na Indústria 4.0. VETOR - Revista De Ciências Exatas E Engenharias, 31(1), 43–49. https://doi.org/10.14295/vetor.v31i1.13469

Edição

Seção

Artigos