<b>Os livros didáticos como produtos para o ensino de História: uma análise do Plano Nacional do Livro Didático - PNLD</b>

Autores

  • Júlia Silveira Matos Universidade Federal do Rio Grande, FURG. Rio Grande/RS, Brasil

Palavras-chave:

Livros didáticos. Ensino de História. PNLD.

Resumo

Entre 2010 e 2012, vivenciamos mais uma campanha do PNLD, ensino fundamental e médio, ou seja, período em que os professores de todo o Brasil escolhem os títulos dos livros didáticos que serão recebidos por sua escola e por consequência utilizados nas salas de aula. Ao analisarmos o principal documento que delineia o processo de escolha dos livros didáticos por parte dos professores observamos certo direcionamento para alguns títulos melhor qualificados dentro das análises apresentadas pelo guia, conforme discorremos no presente trabalho. Sendo assim, antes de ser um fundamental recurso didático, o livro didático de História é um produto comercial, inserido em políticas públicas de educação nacional e por isso precisa ser estudado como tal, o que nos propomos a realizar no presente texto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Júlia Silveira Matos, Universidade Federal do Rio Grande, FURG. Rio Grande/RS, Brasil

Professora de História Moderna e de Teoria e metodologia da História dos cursos de História da Universidade Federal do Rio Grande.

Downloads

Publicado

2013-01-18

Como Citar

Matos, J. S. (2013). &lt;b&gt;Os livros didáticos como produtos para o ensino de História: uma análise do Plano Nacional do Livro Didático - PNLD&lt;/b&gt;. Historiæ, 3(3), 165–184. Recuperado de https://periodicos.furg.br/hist/article/view/3268

Edição

Seção

Artigos