Cirurgia de revascularização do miocárdio com e sem circulação extracorpórea. O que os novos estudos evidenciam?

Jhonatan Marchiori Ortolan, Lídia Trommer Marcos, Daniel Sturza Lucas Caetano, Alexsandro Rodrigues de Oliveira

Resumo


A doença arterial coronariana (DAC) é uma das principais causas de óbitos no mundo. A cirurgia de revascularização do miocárdio (CRM) prolonga a sobrevida e reduz a mortalidade de pacientes com DAC. Inúmeros estudos comparam os resultados obtidos em CRM com e sem o suporte da circulação extracorpórea (CEC), contudo, não existe um consenso sobre a modalidade ideal para esta cirurgia. O presente estudo consiste em uma revisão da literatura em que foram incluídas publicações que abordassem os resultados da realização de revascularização do miocárdio com e sem a utilização de circulação extracorpórea. Um total de 2.175.226 pacientes foram estudados, destes, 1.594.036 realizaram o procedimento com CEC e 581.190 foram submetidos a cirurgia sem CEC. A média de internação na unidade de tratamento intensivo (UTI) nos procedimentos realizados com CEC foi de 82,44 horas e quando realizado sem CEC foi de 55,95 horas. A média da quantidade de horas que os pacientes permaneceram sob ventilação mecânica após procedimentos com CEC foi de 16,12 horas e sem CEC foi de 11,34 horas. A mortalidade total dos pacientes submetidos a CRM com CEC foi de 909 sobre 25.074 indivíduos envolvidos (3,62%). Quando o procedimento foi realizado sem CEC a mortalidade total foi de 771 pacientes de um total de 27.655 indivíduos operados (2,84%). O número médio de enxertos que os pacientes receberam durante os procedimentos cirúrgicos foi maior no grupo que realizou o procedimento com CEC. Ocorreu da mesma forma, com relação à necessidade de transfusão sanguínea. É necessário que os pacientes sejam avaliados caso a caso, pois ambos os procedimentos, com e sem CEC, possuem vantagens e desvantagens. Não se pode considerar que uma técnica seja uniformemente superior a outra neste tipo de cirurgia.

Palavras-chave


Revascularização do miocárdio, circulação extracorpórea, CRM com CEC versus sem CEC

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/vittalle.v32i1.9716

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ