A OCORRÊNCIA DE SINTOMAS DEPRESSIVOS EM IDOSOS(AS) INSTITUCIONALIZADOS SEGUNDO A APLICAÇÃO DA ESCALA DE YESAVAGE

CAMILA ROSE G. B. SCHWONKE, JOSÉ RICHARD DE SOSA SILVA, MARLENE TEDA PELZER, ADRIANA DORA DA FONSECA

Resumo


O presente estudo constitui-se em um trabalho final da disciplina Saúde do Idoso, do Mestrado em Enfermagem da Fundação Universidade Federal do Rio Grande e busca versar sobre a incidência de transtorno do humor, como a depressão, em um grupo de idosos(as) institucionalizados(as), a partir da utilização da escala de Yesavage. A mesma foi aplicada junto a quinze idosos(as) moradores de uma Instituição de Longa Permanência (ILP) em um município do interior do Rio Grande do Sul. A utilização da presente escala sugeriu que 67% de idosos(as), institucionalizados(as) no momento do estudo, apresentavam escore compatível com transtorno depressivo, ocorrência de sentimentos de abandono de interesse e atividades, sensação de vida vazia, aborrecimento, desamparo, tendência ao isolamento, tristeza, vontade de chorar, entre outros, os quais podem estar associados a um maior tempo de ócio, afastamento da família e carência de atividades lúdico-sociais. Percebe-se assim uma necessidade emergente, em especial, dos profissionais de enfermagem, em discutir e implementar ações e estratégias que promovam uma melhor qualidade na assistência ao(à) idoso(a) institucionalizado(a), de forma a contemplar os diversos aspectos da sua existência.

Palavras-chave


Enfermagem, idoso, depressão, Nursing, aged persons, depression

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/vittalle.v18i1.7635

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ