REPRESENTAÇÃO SOCIAL DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER ENTRE DISCENTES DE ENFERMAGEM

Camila Daiane Silva, Vera Lucia de Oliveira Gomes

Resumo


Objetiva-se identificar a estrutura e conteúdo da representação acerca da violência doméstica contra a mulher entre discentes de enfermagem. Colheram-se os dados entre agosto e novembro de 2014 por meio de evocações livres, para o tratamento utilizou-se o software EVOC e análise de similitude. Aprovação sob parecer de nº088/2014. Participaram 132 discentes. O núcleo central é formado pelos termos covardia, desrespeito, violência, violência física e dor. Na primeira periferia constam os termos medo e submissão e na segunda, vergonha. Na zona de contraste consta os termos sofrimento, tristeza, machismo, crime, impunidade e maria da penha. Trata-se de uma representação com conotação negativa, estruturada pois contém os elementos imagéticos, atitudinais e conceituais, fundamentada no conhecimento do senso comum e, principalmente, reificado. Esse evidencia, possivelmente entre as discentes das séries finais, o rompimento com a naturalização da ocorrência da violência.

Palavras-chave


Violência Contra a Mulher; Estudantes de Enfermagem; Programas de Graduação em Enfermagem; Enfermagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/vittalle.v29i2.7074

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


VITTALLE, ISSN online 2177-7853 / ISSN impresso 1413-3563, Rio Grande/RS, Brasil.

.......

Indexadores

PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQPROPESQ