Diversidade das plantas brasileiras com potencial anti-helmíntico

Juliana Montelli Fenalti, Tais Mata Santos, Paula Costa Santos, Bruna Baccega Baccega, Carlos James Scaini

Resumo


As plantas medicinais constituíram durante séculos a base da medicina tradicional, baseada nos conhecimentos empíricos de diferentes culturas, passadas entre gerações. A partir de plantas ou derivados vegetais são obtidos os medicamentos fitoterápicos, que contêm substâncias bioativas e são utilizados com finalidade profilática, curativa ou paliativa. Aproximadamente 80% da população mundial faz uso da medicina tradicional, e desta, 85% utilizam espécies vegetais, as quais são utilizadas para o tratamento e controle de diferentes enfermidades, incluindo as parasitoses. As plantas medicinais são uma alternativa econômica para o controle e tratamento de parasitos gastrintestinais. Este artigo tem como objetivo descrever, através de uma revisão bibliográfica, as diversas plantas com potencial anti-helmíntico, demonstradas em estudos etnobotânicos.

Palavras-chave


plantas medicinais, medicina tradicional, fitoterápicos, doenças parasitárias

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ