EFEITO DA ILEX PARAGUARIENSIS NAS AMINOTRANSFERASES DE RATOS SUBMETIDOS À ISQUEMIA E REPERFUSÃO HEPÁTICA

Ana Luísa Mattos Mazorco, Emilio Facin, Michele Moraes de Souza, Ana Luiza Muccillo Baisch, Susi Lauz

Resumo


Objetivo: Estudar o efeito do extrato da Ilex paraguariensis nas aminotransferases de ratos submetidos à isquemia e reperfusão (IR) hepática. Métodos: Foram utilizados 24 Ratos Wistar machos distribuídos em: Grupo controle (GC), Grupo Ilex 90 dias (GI-90), Grupo Ilex 60 dias (GI-60), Grupo Ilex 30 (GI-30). Foi administrado aproximadamente 900 µmg de Ilex paraguariensis via oral diariamente por 30 dias no grupo GI-30, por 60 dias no grupo GI-60 e por durante 90 dias no grupo GI-90 e no grupo controle (GC), administrou-se água ad libitum por 90 dias. A isquemia hepática foi de 30 minutos em todos os grupos e seguida de reperfusão de 45 minutos reperfusão. Os animais foram anestesiados via intramuscular com xilazina (25 mg/Kg-1 ) /ketamina (50 mg/Kg-1 ). Após completado o período de reperfusão foi realizada coleta de sangue venoso e dosagem das aminotransferases, seguido de eutanásia por exosanguinação. Resultados: Os níveis de AST e ALT foram significativamente semelhantes ao do grupo controle. Conclusão: Nesse estudo não se encontraram alterações dos níveis de AST e ALT, quando se comparam os grupos experimento (90, 60 e 30 dias) com o grupo controle.
Descritores: Isquemia-reperfusão, Fígado, Ilex paraguariensis

Palavras-chave


isquemia e reperfusão, fígado, Ilex paraguariensis

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ