CAPACIDADE FUNCIONAL COMO DETERMINANTE DA QUALIDADE DE VIDA EM IDOSOS

Autores

  • Maitê Peres de Carvalho
  • Edariane Menestrino Garcia
  • André de Oliveira Teixeira
  • Susi Heliene Lauz Medeiros

Palavras-chave:

Idoso, Qualidade de Vida, Envelhecimento, Atividade Motora, Fatores de Risco.

Resumo

O envelhecimento traz consigo uma série de alterações fisiológicas, sociais e psíquicas que podem estar interligadas e acabar influenciando diretamente no bem viver dos indivíduos. Contudo, as quedas podem ser provenientes da limitação funcional e, esta, decorrente do processo de envelhecimento. Medidas de intervenção vêm sendo estudadas no meio científico para reverter ou minimizar tal condição sendo, algumas delas, o exercício físico e o uso racional de alguns medicamentos; tornando, dessa forma, extremamente relevante a orientação adequada dos idosos tanto preventivamente quanto em caráter reabilitador. Em vista da proporção significativa que essa temática tem assumido, o presente trabalho teve por objetivo fazer uma revisão literária a respeito da capacidade funcional e sua influência na qualidade de vida dos idosos. Partindo dessa premissa, foram pesquisados artigos nas principais bases de dados disponíveis na atualidade, procurando enfocar exercícios físicos e medicações. Conclui-se, portanto, que o envelhecer é gradual e constante, fazendo com que seja necessário o investimento constante de cuidados especiais e especializados ao idoso, seja por parte de sua família quanto por parte dos profissionais de saúde, em busca de um envelhecimento saudável, com capacidade funcional, buscando o maior grau possível de independência e autonomia e fazendo com que o idoso sinta-se uma pessoa saudável e feliz apesar de suas limitações. Palavras-chave: Idoso, Qualidade de vida, Envelhecimento, Atividade motora, Fatores de Risco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maitê Peres de Carvalho

Fisioterapeuta. Mestranda em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e Especializanda na Área de Fisioterapia em Geriatria e Gerontologia pelo Colégio Brasileiro de Estudos Sistêmicos. Bolsista de demanda social/CAPES.

Edariane Menestrino Garcia

Enfermeira. Especialista em Acupuntura pelas Faculdades CBES e Mestranda em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande. Bolsista de demanda social/CAPES.

André de Oliveira Teixeira

Educador Físico. Especialista em Musculação e Treinamento de Força e, Mestrando em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande. Bolsista de demanda social/CAPES.

Susi Heliene Lauz Medeiros

Médica. Doutora em Cirurgia e Experimentação pela Universidade Federal de São Paulo. Docente do Mestrado em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio Grande.

Downloads

Publicado

2013-11-22

Como Citar

Carvalho, M. P. de, Garcia, E. M., Teixeira, A. de O., & Medeiros, S. H. L. (2013). CAPACIDADE FUNCIONAL COMO DETERMINANTE DA QUALIDADE DE VIDA EM IDOSOS. VITTALLE - Revista De Ciências Da Saúde, 23(1), 19–27. Recuperado de https://periodicos.furg.br/vittalle/article/view/1585

Edição

Seção

Revisão