Perfil bacteriano das superfícies e equipamentos do Bloco Cirúrgico de um Hospital Universitário

Angela Bastos dos Santos, Katia Suely Batista Silva, Mirthes Maria Rodrigues Santana, Marilia Wortmann Marques, Carine Rosa Naue

Resumo


As superfícies em um ambiente hospitalar contribuem para a contaminação cruzada secundária. Tal contaminação acontece através do contato das mãos dos profissionais com a manipulação dos dispositivos ou equipamentos e as suas superfícies, que poderão estar contaminadas e acabar contaminando os pacientes. É importante ressaltar que o comportamento dos profissionais de saúde tem grande influência de maneira direta no que tange a transmissão de infecção hospitalar. O presente estudo objetivou analisar o perfil bacteriano de superfícies e equipamentos do Bloco Cirúrgico de um Hospital Universitário. Trata-se de um estudo transversal e descritivo onde foram amostradas 06 salas do Bloco Cirúrgico e analisadas as seguintes superfícies e equipamentos: braçadeira, mesa cirúrgica, monitor multiparamétrico, oxímetro, foco de luz e carrinho do anestesista. As amostras foram coletadas, utilizando-se um molde de área de 1 cm2 e swabs embebidos em solução salina. O total de bactérias encontradas foi de 125, destas 5 são consideradas bactérias possíveis causadoras de infecções hospitalares, a saber: Acinetobacter baumannii (3 isolados) e Enterobacter sp. (2 isolados). Com relação a resistência, o Acinetobacter baumannii foi 100% resistente aos carbapenêmicos, cefalosporinas e quinolonas. Já os isolados de Enterobacter sp. foram 100% resistente a ampicilina e 100% sensível a sulfametoxazol + trimetropima, cefepima, meropenem, ciprofloxacino, amicacina, ceftriaxona, ampicilina + sulbactam, tetraciclina, cloranfenicol, piperacilina + tazobactam e aztreonam. As superfícies dos equipamentos do Bloco Cirúrgico apresentaram possíveis bactérias causadoras de infecções hospitalares demonstrando elevada resistência aos antibióticos.

Palavras-chave


Equipamentos; bactérias; infecção hospitalar

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/vittalle.v32i1.11048

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ

Indexadores

PROPESQ