O SCREENING QUE O SER HUMANO PODE SE SUJEITAR POR CRER EM VIDA APÓS A MORTE

Tiarajú Alves Freitas, Lívio Soares de Oliveira, Giácomo Balbinotto Neto

Resumo


Este artigo responde, por meio da Teoria dos Jogos, especificamente screening, porque o ser humano adota uma religião e se submete a uma série de restrições durante a sua vida. A fé é considerada como parte da cesta de mercadorias de consumo dos indivíduos. Desenvolve-se a ideia de “estágio probatório” em que, no primeiro período de existência humana, as pessoas, com base em suas crenças, se tornam aptas ou não a usufruir de um prêmio após a sua morte. O seu esforço será o sinalizador para a conquista do “prêmio”. Tomando o caso do Deus bíblico, este conseguiria gerar um equilíbrio separador entre as pessoas através do comportamento dessas durante sua vida na Terra. Por fim, o trabalho começa focando, especificamente, na Bíblia, percebe-se que o screenig funciona de forma generalizada, independente de religião, explicando, no contexto de um “jogo” sequencial de informação incompleta, o comportamento de cerca de oitenta e cinco por cento da população no mundo, a qual acredita em vida após a morte.

Palavras-chave


Screening; Economia da Religião.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17648/sinergia-2236-7608-v22n2-7952

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


SINERGIA, ISSN eletrônico: 2236-7608 / ISSN impresso: 0102-7360, Rio Grande, Brasil

.......

Indexadores

PROPESQ PROPESQ Genamics JournalSeek PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ AmeliCA