Economia social no contexto da gestão do sistema cooperativista: uma revisão de conceitos.

Ana Maria de Assis Vasconcelos, Magnus Luiz Emmendoerfer, Poty Colaço Fonseca

Resumo


O objetivo deste ensaio é analisar a natureza fundamental das organizações cooperativas, a fim de sustentar a idéia de que a classificação mais adequada para esse tipo específico de entidade econômica é enquadrá-la dentro da filosofia que sustenta a Economia Social. Vários são os termos e conceitos que tentam caracterizar e classificar as diversas formas de organizações não governamentais e sem fins lucrativos. Percebe-se, ao revisar a literatura, que as definições conceituais são, muitas vezes, generalizadas. Tal generalização gera uma discussão: qual é a melhor forma de classificação das organizações cooperativas? Para tentar responder a essa questão, foram consideradas e expandidas algumas das idéias desenvolvidas no ensaio “Cooperativismo é Economia Social” escrito por Sigismundo Bialorkoski Neto. Os temas que serão discutidos neste trabalho incluem discussões sobre a natureza do Cooperativismo, bem como os tipos de mercado, e sobre o Terceiro Setor, Economia Social e Solidária, para confrontação das definições e fundamentação dos argumentos.

Palavras-chave


Cooperativismo, economia social, gestão cooperativista

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


SINERGIA, ISSN eletrônico: 2236-7608 / ISSN impresso: 0102-7360, Rio Grande, Brasil

.......

Indexadores

PROPESQ PROPESQ Genamics JournalSeek PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ AmeliCA